SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Apple, Meta e Google são autorizadas a usarem redes de 6 GHz para headsets

Por| Editado por Wallace Moté | 20 de Outubro de 2023 às 15h28

Link copiado!

(Imagem: Divulgação/Apple)
(Imagem: Divulgação/Apple)
Tudo sobre Apple

A Apple, Meta e Google foram autorizadas a utilizar redes em frequência de 6 GHz, o que poderá ser especialmente útil em headsets de realidade virtual (VR) e afins. A aprovação foi dada recentemente pelo órgão regulador americano FCC, após pedido das empresas realizado em 2019.

A decisão do FCC foi tomada de forma unânime, com cinco votos a zero. Em comunicado oficial, o órgão indicou que “uma nova classe de dispositivos com consumo muito baixo de energia” agora pode operar nessa frequência.

Continua após a publicidade

Na prática, isso significa que os headsets poderão funcionar com velocidades de conexão ainda mais altas em comparação com aquelas vistas em redes domésticas de 5 GHz.

Além disso, o funcionamento em distâncias pequenas evita que as ondas sofram com interferência de fontes externas, fazendo com que os vestíveis entreguem conexões mais estáveis.

Aplicações já citadas pelas companhias incluem a conectividade mais avançada entre os headsets AR/VR e outros produtos, como smartphones por exemplo.

Redes de 6 GHz poderão ser usadas em headsets e veículos

Continua após a publicidade

A novidade também tem o potencial de melhorar a experiência em outros ambientes, como dentro de veículos. Neste caso, os dispositivos móveis seriam capazes de enviar conteúdos e dados de navegação para sistemas de entretenimento com mais agilidade.

As duas implementações sugeridas devem ser utilizadas pela Apple, com destaque para o headset Vision Pro que terá suas vendas iniciadas no ano que vem. Já o CarPlay pode ser beneficiado com uma conexão mais forte com o iPhone, entre outras vantagens.

Por sua vez, o Google poderá realizar melhorias semelhantes para o seu próprio sistema de entretenimento em carros, o Android Auto.

Continua após a publicidade

Já a Meta usará as redes de 6 GHz em seus headsets da linha Quest, que foi atualizada recentemente com o Quest 3. A empresa de Zuckerberg foi a única a emitir comunicado oficial sobre o assunto até o momento, em que o vice-presidente de políticas Kevin Martin indicou que as novas tecnologias podem “construir a nova onda da computação”.

Fonte: The Verge