Tesla | Piloto automático deve receber grande atualização nesta semana

Tesla | Piloto automático deve receber grande atualização nesta semana

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 08 de Setembro de 2021 às 16h20
Divulgação/Tesla

O polêmico e inovador Tesla AutoPilot vai receber mais uma grande atualização. Segundo o CEO da Tesla, Elon Musk, o pacote Full Self-Driving (FSD), que permite uma experiência de condução autônoma nível 2, será melhorado ainda nesta semana, mais precisamente na sexta-feira (10), chegando à versão 10 de sua fase beta. Segundo a montadora, serão corrigidos alguns bugs e falhas crônicas do recurso, além de uma ampliação do serviço para mais localidades.

O Full Self-Driving está presente em todos os carros da Tesla fabricados no último ano (apenas nos Estados Unidos), mas também pode ser incluído em modelos anteriores. Seu custo para instalação no automóvel é de US$ 10 mil, mais uma assinatura que varia entre US$ 199 por mês no modo avançado e US$ 99 na versão padrão (essa para todos os clientes). E esse preço, somado ao fato de que o sistema ainda está em fase beta, irrita os clientes da montadora.

O sistema de condução semiautônoma da Tesla tem passado por inúmeros questionamentos por parte do mercado e das autoridades. Recentemente, alguns carros com a funcionalidade têm se envolvido em acidentes e colisões severas em decorrência de um problema na leitura das estradas e dos veículos adiante — estes, por exemplo, são vistos pelo sistema quando estão parados lateralmente, no acostamento.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

(Imagem: Divulgação/ Tesla)

A Tesla corre contra o tempo para lançar seu pacote de direção semiautônoma em definitivo, mas vive adiando os prazos. Portanto, não se surpreenda se Elon Musk for ao Twitter na sexta-feira e revelar um novo prazo para a próxima atualização.

Vazamento na Ucrânia

O Full Self-Driving está disponível apenas para assinantes nos Estados Unidos, mas alguns usuários têm conseguido utilizá-lo em outros países. O proprietário de um Tesla na cidade de Kiev, capital da Ucrânia, conseguiu instalar a versão 8.2 do pacote de direção e o colocou para funcionar com relativo sucesso. Mesmo sem ter em seu sistema os mapas e ruas do local, o carro fez as manobras de condução com competência.

Isso foi possível graças ao Tesla Vision, o novo conjunto de câmeras dos carros da Tesla que consegue mapear as ruas por meio de imagens e não mais de radares como antigamente. Mas, mesmo que esse usuário tenha conseguido utilizar o FSD, a montadora avisa que seu lançamento oficial se deu apenas em território norte-americano — o que irrita ainda mais seus usuários pelo mundo.

A Tesla promete ampliar o FSD para mais países ainda em 2021.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.