Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

iPad Pro pode chegar renovado em 2024 com tela OLED, Apple M3 e novo teclado

Por| Editado por Wallace Moté | 01 de Setembro de 2023 às 08h34

Link copiado!

Imagem: Divulgação/Apple
Imagem: Divulgação/Apple
Tudo sobre Apple

A Apple irá realizar no dia 12 de setembro um evento onde deve apresentar a linha iPhone 15 e mais novidades. Os iPad Pro, porém, só devem ver novidades no ano que vem, e há a expectativa de a empresa mostrar mudanças importantes para seus tablets mais premium.

As informações foram compartilhadas por Mark Gurman, do site Bloomberg, em mais uma edição da sua newsletter Power On. Segundo ele, a empresa deve trazer a primeira grande atualização do iPad Pro desde 2018, com a apresentação dos modelos identificados pelos codinomes "J717", "J718", "J720" e "J721".

Continua após a publicidade

Aparentemente, a marca deve manter o uso dos processadores Apple Silicon, então o iPad Pro deve ser revelado com o vindouro Apple M3. Além disso, os novos iPad Pro devem possuir uma tela de 11 polegadas ou de 13 polegadas, agora com tecnologia OLED — atualmente o modelo de 11 polegadas tem painel IPS e o de 12,9 polegadas tem tecnologia mini LED.

Junto disso, a Gigante de Cupertino pode apresentar uma nova versão do Magic Keyboard, seu teclado para o iPad, agora com um trackpad maior. Desse modo, ele terá uma experiência que se aproximará ainda mais de um MacBook.

Infelizmente, os novos tablets não devem chegar tão cedo, estando previstos para algum momento entre o segundo e o terceiro trimestre do ano que vem.

Apple mostrará iPhone 15 nos próximos dias

Continua após a publicidade

No próximo dia 12 de setembro a empresa realizará o evento Wonderlust, onde mostrará a nova linha iPhone 15. Além do modelo base, ela será composta pelo iPhone 15 Plus, iPhone 15 Pro e iPhone 15 Ultra.

Também é esperado que a marca mostre uma nova geração do iPad mini e também uma versão atualizada do AirPods, agora com sua case tendo uma conexão USB Tipo-C.

Fonte: Bloomberg