iPad mini 3 deve ser 30% mais fino que o modelo atual

Por Redação | 24.07.2014 às 08:35
photo_camera Divulgação

Se a Apple seguir a tradição, então faltam cerca de dois meses para que os novos produtos da companhia sejam finalmente anunciados. E do iPhone 6 e iOS 8, passando pelo comentado relógio inteligente iWatch - que no final das contas pode se chamar iTime -, um outro produto que deve chamar atenção é o iPad.

Ainda não se sabe se todos os modelos de iPad ganharão uma nova versão. Contudo, fontes chinesas familiarizadas com as linhas de produção da Maçã afirmam que pelo menos o iPad mini entrará em sua terceira geração. E o melhor: mais fino e com mais autonomia de bateria. De acordo com o site Cult of Mac, o menor tablet da empresa de Cupertino vai se inspirar em seu irmão mais velho, o iPad Air, tornando-se 30% menor que seu antecessor.

Para se ter uma ideia, o iPad mini atual tem apenas 0,29 polegadas de espessura, enquanto o iPad mini 2 com tela Retina é apenas 4% mais fino que o primeiro modelo do gadget, lançado em 2012. Ou seja, parece algo um tanto impossível a Apple reduzir o tamanho da próxima versão do tablet sem alterar ou remover algum componente que modifique sua estrutura como um todo - mais especificamente a parte interna, na qual se localiza a bateria do aparelho.

É justamente isso o que um novo processador A8 que ainda não foi anunciado vai fazer. Segundo as fontes asiáticas, esse processador, fabricado pela TSMC, será responsável por otimizar a bateria para economizar energia, gerenciando os processos com sub-cores, responsáveis por atividades mais simples. Dessa forma, a Apple conseguiria alcançar uma redução considerável no tamanho do novo iPad mini.

iPad Pro

iPad (conceito)

O iPad mini 3 não seria o único tablet apresentado pela Apple em setembro, mês em que a empresa deve anunciar seus novos produtos. David Hsieh, vice-presidente da DisplaySearch - uma companhia chinesa especializada na fabricação de telas -, afirma que a Maçã lançará um novo modelo do iPad, este equipado com tela de 12,9 polegadas. O gadget seria o tal iPad Pro, bastante comentado nos últimos meses e que teria sido cancelado pela empresa há alguns meses.

Hsieh diz que o novo iPad tem previsão de lançamento para 2015, mas o jornal United Daily News, de Taiwan, citou fontes ligadas às redes fornecedoras da Apple que sugerem a chegada do aparelho às lojas em algum momento do segundo semestre de 2014. Em todo o caso, o anúncio de um iPad Pro com tela maior ainda gera dúvidas entre especialistas e a imprensa especializada, visto que outros rumores dão como certo o lançamento de um MacBook com 12 polegadas.

Esse suposto MacBook seria uma espécie de meio termo entre os MacBooks tradicionais e o atual iPad Air, além de funcionar como estratégia para que a companhia consiga resolver o problema das baixas vendas de tablets nesta temporada. Até faz sentido um iPad com display de 12 polegadas - levando em consideração uma tendência do mercado em optar por telas cada vez maiores -, mas isso colocaria em risco um novo modelo do MacBook, também com tela de 12 polegadas.

Lembrando que todas essas informações não foram confirmadas pela Apple e, portanto, devem ser tratadas como rumores. O jeito é esperar até setembro para descobrir o que a Maçã está preparando para os usuários.

Leia também: