Qbex TX320i: um tablet bem acessível, mas com problemas de design

Por Pedro Cipoli

O Qbex TX320i é um tablet vendido como “o mais poderoso da categoria”, um título e tanto. Lembra até comercial de carro, mas que categoria é essa? Aqui no Canaltech dividimos os produtos, sejam smartphones, tablets, notebooks ou até mesmo fones de ouvido, em três categorias: básico, intermediário e avançado, mas, em alguns casos em particular, certos produtos não entram em nenhuma delas. Este é o caso do TX320i, e vamos entender o motivo.

Construção de design

Quando a Samsung começou a utilizar um design de plástico que imita couro, muitos fabricantes correram para imitar essa tendência. A qualidade dos resultados varia, indo de modelos que realmente se parecem com couro (ou mesmo são de couro, como o Moto X 2014) até tentativas frustradas. O TX320i é um desses modelos, que apenas colocou um relevo no plástico que imita costura, e o resultado é... um plástico com um relevo que imita costura.

O TX320 tem um sério problema de design, indo da baixa qualidade do plástico utilizado até o posicionamento da câmera, que não é centralizado como na maioria dos modelos, ou deve ter sido colocado em uma outra posição de forma estratégica. A impressão que dá é que ela foi soldada após a finalização do produto. Os problemas continuam, com todas as conexões físicas na parte de cima identificadas na parte de trás, que podem até ajudar, mas deixam a desejar em aparência.

Continuando, o TX320i é resultado de uma clara parceria com a Intel, que possui dois logos gigantescos no tablet, um deles na parte da frente, contra apenas um da Qbex, que, curiosamente, é quem fabrica o modelo. Criticamos essa postura da Intel no Mini Quad da Positivo, que vai contra a tendência de mercado de diminuir a poluição visual de logos, uma vez que, depois de pouco tempo, olhar constantemente para o nome do fabricante enjoa.

Tela

Por se tratar de um modelo de 7 polegadas voltado para quem quer comprar o seu primeiro tablet, consideramos a tela OK, dentro do esperado. Ela não tem nenhuma das características com que estamos acostumados em modelos avançados, como IPS, Gorilla Glass, PPP alto ou mesmo LED: apenas um display TFT LCD com resolução de 1024x600. Não vemos problema nessa característica, já que a tela é um dos componentes mais caros para o fabricantes.

Na verdade, até recomendamos o TX320i nesse ponto, já que muitos fabricantes chutam o balde nesse quesito, colocando odiosas telas com resolução de 480x800, que é baixa mesmo para smartphones, e a pior tecnologia disponível no momento. Novamente, considerando o segmento, a tela é até acima do esperado.

Configuração

Basta olhar para os logos desproporcionalmente gigantes da Intel para ver que temos um chip Atom por baixo do capô. Trata-se do Z2520, com dois núcleos e quatro threads rodando a 1,2 GHz, 1 GB de memória RAM e GPU PowerVR SGX 544 dual-core rodando a 300 MHz. Sim: 1 GB de memória RAM, e não 2 como anunciado na embalagem, algo que sinceramente esperamos que seja um erro tipográfico. Não haveria problema nenhum trazer 1 GB de memória RAM, desde que corretamente anunciado para não enganar o consumidor.

TX320i - Screenshots

TX320i - Screenshots

TX320i - Screenshots

Não sentimos falta de performance em nenhum momento, em especial pelo fato de ter o Android 4.4 KitKat de fábrica sem qualquer modificação de interface, o que resulta em uma boa fluidez e poucos travamentos. Naturalmente, não será possível rodar todos os jogos da Play Store, mas, no quesito desempenho, o TX320i pode ser considerado até acima da média para o segmento.

TX320i - Screenshots

TX320i - Screenshots

TX320i - Screenshots

Como memória interna temos 8 GB, com cerca de 4 GB disponíveis para o usuário, o que é ótimo, já que é o mínimo necessário para ter um modelo funcionando sem engasgos. Há suporte para cartões microSD de até 32 GB, sendo um kit geralmente visto em tablets que flutuam segmento básico e intermediário. Ou seja, acima do esperado aqui.

Câmera

Item rápido, apenas para informar que há uma câmera de 2 megapixels na parte traseira sem flash (aquela mesma) e outra de 0,3 megapixel na parte da frente, ambas VGA e nenhuma das duas capazes de tirar fotos com um mínimo de qualidade mesmo sob as condições mais favoráveis de luz. Quando vemos um kit de câmera desses, recomendamos que os fabricantes foquem em apenas uma câmera para reduzir custos, e não utilizar duas para “ficar bonito na foto” e frustrar as expectativas dos usuários. Uma que funcione bem, claro.

TX320i - Fotos

O pior é que não trememos a câmera.

TX320i - Fotos

3G? Acho que não.

TX320i - Fotos

Pode não parecer, mas é de dia, 13:30h com a luz ligada.

Bateria e extras (e não-extras)

O TX320i vem com uma bateria não removível de 3.000 mAh, o que se traduziu em um tempo de tela de aproximadamente 4,5 horas de uso e 5 dias em stand-by, nada mal para a categoria. Vale aqui uma outra pausa para o que esperamos ser um segundo erro tipográfico: é errado colocar um enorme e brilhante “3G” na embalagem e depois, em letras miúdas, dizer que esse recurso precisa de um modem comprado à parte.

TX320i - Screenshots

TX320i - Screenshots

TX320i - Screenshots

É simples assim. Tem 3G? Então o modem deve estar no próprio tablet, e não depender de um modem externo, já que assim o fabricante vende a ideia de que você pagou por um recurso que não está presente. Continuando, temos um kit básico de conectividade sem fios, que inclui somente o Wi-Fi nos padrões B, G e N e o Bluetooth 4.0, além de uma conexão física estéreo de fone de ouvido (sem suporte a fones com microfone) e uma entrada micro USB para o recuso OTG, com cabo incluso e que permite a conexão de pendrives, teclados, mouses e do tal modem 3G.

Vale mencionar que o TX320i utiliza uma entrada DC de energia, e é este o carregador que está incluso na embalagem.

Conclusão

Hora de conhecermos a categoria em que o TX320i se encaixa: baixo custo, abaixo até dos modelos de entrada. Dizemos isso tanto pelas características do modelo quanto pelo preço sugerido de R$ 279, sendo uma opção somente para quem nunca utilizou um tablet e pretende investir o menor valor possível em um modelo.

No final das contas, o TX320i tem um problema seríssimo de design, que para nós é o seu principal ponto negativo, o que, combinado com duas informações incorretas na embalagem, faz dele um modelo difícil de sentir alguma simpatia. Basta considerar que, por mais R$ 100, é possível comprar modelos bem mais avançados, com design atraente e sem propagandas enganosas.

Vantagens

  • Preço baixo;
  • Tela dentro do esperado;
  • 8 GB de memória interna.

Desvantagens

  • Tem um problema seríssimo de design;
  • Vem com 2 propagandas enganosas (2 GB de memória RAM e conectividade 3G);
  • As duas câmeras não conseguem produzir imagens de qualidade em nenhuma situação.
Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!