O que é e como funciona o Adblock

O que é e como funciona o Adblock

Por Matheus Bigogno Costa | Editado por Bruno Salutes | 05 de Julho de 2021 às 08h50
Reprodução/Adblock Plus

Provavelmente você já ouviu falar nos famosos bloqueadores de anúncios. Programas desta natureza ganharam o público por prometerem fazer uma filtragem de conteúdos, propagandas abusivas, e até mesmo tornar o carregamento das páginas da internet mais rápido.

Mas você sabe o que é e como funciona o Adblock? Abaixo, você poderá conferir a resposta para essas perguntas!

O que é o Adblock

De modo geral, o AdBlock (ou bloqueador de anúncios) é uma extensão que está disponível para diversos navegadores, como o Google Chrome, Firefox, Microsoft Edge, Opera e Safari, por exemplo. As aplicações ficaram popularmente conhecidas dessa maneira, mas, na verdade, esse é o nome de um programa de código aberto chamado Adblock Plus (ABP).

O ABP foi projetado originalmente para o Firefox e lançado em 2005 mas, hoje em dia, já existe uma série de extensões capazes de bloquear anúncios nos navegadores, como o AdBlock (lançado em 2009 para o Google Chrome), UBlock (lançado em 2014 para multiplataformas) e muitos outros.

Como funciona o Adblock

Independente de qual bloqueador de anúncios você utiliza, todos funcionam de maneira similar. Eles utilizam as chamadas listas de filtros, que são compostas de conjuntos de regras. Estas regras são responsáveis por informar ao seu navegador exatamente quais elementos de uma página web devem ser bloqueados.

Quando você baixa o Adblock Plus ou o AdBlock, por exemplo, ambos os programas utilizam como padrão uma lista chamada EasyList. Essa lista, de código aberto, é uma das mais conhecidas por bloquear a maioria dos conteúdos de anúncios existentes na internet, mas você pode se inscrever em muitas outras, caso queira.

Na prática, o Adblock funciona da seguinte maneira: quando você abre uma página da web, (que geralmente utiliza o protocolo HTTPS para garantir a sua segurança), o bloqueador compara cada uma das solicitações dela com as listas de filtros que foram adicionadas ao programa.

Diagrama da estrutura de funcionamento do Adblock  (Imagem: Reprodução/ABP)

Se um endereço corresponder a um dos filtros, a solicitação será bloqueada e o anúncio não será exibido na página, sem comprometer o resto do conteúdo.

Os pontos positivos de usar o Adblock

Existem vários pontos positivos ao se utilizar um bloqueador de anúncios em seu navegador, e o principal deles é a sua segurança, especialmente a dos seus dados. Infelizmente, alguns anúncios podem vir mascarados como malvertising — quando uma publicidade online é responsável por espalhar malwares.

Outro aspecto importante a ser ressaltado é que os bloqueadores também evitam que os cookies sejam criados. Esse tipo de arquivo pode conter informações pessoais que podem ser coletadas e usadas sem consentimento dos usuários.

Existem muitos pontos positivos em instalar um Adblock em seu navegador (Captura de tela: Matheus Bigogno)

Além disso, usar um Adblock pode melhorar a experiência de usuário, dependendo do site. Em alguns casos, pode até reduzir o consumo de bateria de dispositivos, visto que alguns anúncios muito chamativos podem ter inúmeras animações, não serem nada otimizados, ou até mesmo travarem o carregamento da página.

Adblock e os anúncios aceitáveis

Apesar de possuir pontos extremamente positivos no uso do Adblock, ele também possui negativos. Atualmente, a maioria dos sites utiliza publicidade para poder ganhar dinheiro para pagar custos de produção e manutenção de infraestrutura — algo que permite que você acesse diversos conteúdos na internet sem ter que pagar por eles.

Por isso, alguns bloqueadores passaram a permitir os chamados “Anúncios Aceitáveis”. Este tipo de publicidade é respeitosa, não é intrusiva, irritante, e não foi desenvolvida para chamar a atenção ou ser clicada sem querer.

No entanto, para uma publicidade ser enquadrada como um Anúncio Aceitável, ela deve obedecer a rigorosos padrões estabelecidos pelo Comitê Independente de Anúncios Aceitáveis, como posicionamento, distinção, tamanho, entre outros.

Os Adblocks permitem que você desabilite-os nas páginas de sua confiança (Captura de tela: Matheus Bigogno)

Além disso, os Adblocks também oferecem a possibilidade de serem pausados em páginas específicas, o que permite aos usuários dar um voto de confiança aos sites. Desta maneira, os usuários mantém sua privacidade garantida, sem anúncios invasivos e desrespeitosos, ao mesmo tempo que os portais podem continuar exibindo anúncios e monetizando suas páginas, sem necessariamente precisar serem punidos.

E você, utiliza algum Adblock? Deixe nos comentários qual você usa.

Fonte: Adblock Plus (1, 2 ,3), AdBlock (1, 2)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.