Siga o @canaltech no instagram

CES 2019 | VLC chega a três bilhões de downloads e vai ganhar novos recursos

Por Felipe Demartini | 11 de Janeiro de 2019 às 12h30
Reprodução

A CES 2019 marcou um momento histórico para a Videolan, organização por trás do famoso player de vídeo VLC. Diante do público presente no estande do software no evento, os desenvolvedores comemoraram a marca de três bilhões de downloads das mais diferentes versões do programa e, na ocasião, prometeram uma série de novidades para esse ano, de forma a continuar no gosto dos usuários e expandir esse total ainda mais.

A principal adição a ser feita nas próximas semanas é a integração com o AirPlay, sistema da Apple que permite o streaming de conteúdo do iPhone e iPad para outros aparelhos compatíveis. O foco, aqui, é permitir que os usuários liguem seus smartphones Android com o Apple TV, mas o mesmo vale para outros set-top-boxes que também possuam a tecnologia.

Além disso, a equipe da Videolan está trabalhando em suporte a novos formatos de vídeo, o que inclui o AV1, muito usado para vídeos em HDR. Além disso, atualizações também chegarão para agradar os entusiastas da realidade virtual, com o VLC recebendo suporte nativo a vídeos em 360 graus e otimizações para trabalhar da melhor forma possível com headsets e dispositivos dessa categoria.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Para fazer isso, a equipe disse ter realizado engenharia reversa nos aparelhos mais populares do mercado, de forma a reduzir a dependência e também as limitações importas pelos SDKs das fabricantes. Isso permitiu, por exemplo, que o player passasse a oferecer sistemas de áudio melhores e uma interface mais intuitiva durante a experiência com os vídeos em VR.

Ainda na pegada de aumentar o número de downloads, o presidente da VideoLan, Jean-Baptiste Kempf, anunciou que um antigo pedido dos usuários finalmente será atendido, com a equipe trabalhando em versões do VLC para consoles como o PlayStation 4 e Nintendo Switch. Além disso, dispositivos da Roku também devem receber uma versão própria e integrada do tocador de mídia. Tais lançamentos, entretanto, devem demorar mais um pouco.

Mas uma coisa não deve mudar: a independência da VideoLan. De acordo com Kempf, a organização deve se manter desligada de estruturas corporativas e, principalmente, longe de estratégias comerciais tão danosas aos usuários, como o uso de anúncios ou a coleta e venda de dados. A ideia é entregar sempre uma solução segura e confiável, algo que, em troca, gera as doações que mantêm a estrutura funcionando.

A última vez que a empresa havia falado em números de forma precisa foi em 2012, quando atingiu sua primeira grande marca e registrou um bilhão de downloads. Já são mais de 20 anos de trabalho, um histórico incrivelmente longevo em um mercado que muda tanto. Para os responsáveis, o ágil trabalho em atualizações e a presença ampla em diferentes plataformas é justamente o que explica o sucesso do VLC, outro elemento que, se depender dos envolvidos, também continuará intocado.

Fonte: VentureBeat

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.