Xiaomi lança Mi Band 5 no Brasil: confira galeria de imagens

Por Felipe Junqueira | 30 de Julho de 2020 às 15h17
Matheus Argentoni/Canaltech
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Mi Band 5

Ficha técnica

A Xiaomi anunciou novos produtos no Brasil em uma transmissão realizada nesta quarta-feira, 29. Entre os produtos anunciados, o consumidor brasileiro teve confirmadas as chegadas da Mi Band 5 e dos smartphones Redmi 9, em três modelos diferentes. Conheça os produtos e veja preços e disponibilidade nos parágrafos abaixo. Tem, ainda, outros lançamentos da empresa, como o Mi TV Stick, que você pode ver aqui, além de roteadores.

Mi Band 5

A quinta geração da popular pulseira inteligente da Xiaomi está confirmada no Brasil em sua versão global, apresentada oficialmente no último dia 15. Trata-se da versão mais simples anunciada na China, sem NFC e oxímetro nem suporte a assistentes virtuais.

Mas isso não significa um produto não otimizado em comparação com a Mi Band 4. A Mi Band 5 traz tela maior, de 1,1 polegada, com tecnologia AMOLED, além de sensor de seis eixos de alta precisão, bateria com promessa de duração de até 14 dias, conector magnético para recargas e é capaz de identificar a prática de 11 esportes diferentes, entre eles pular corda e ioga.

A peça ainda tem medidor de batimentos cardíacos 50% mais eficiente do que na geração anterior, tampa de vidro reforçado 2.5D,16 MB de memória interna e peso de apenas 11,9 gramas.

A empresa também anunciou, rapidamente, a Redmi Band no país, com o nome de Mi Smart Band 4C. Versão ainda mais simples de sua pulseira inteligente, o dispositivo tem tela colorida de 1,09 polegada, traz visual mais retangular, mas também oferece bateria para até 14 dias, cinco modos específicos de exercícios e sensor óptico para monitorar as frequências cardíacas.

A pulseira ainda tem monitoramento de sono, ideal para ajudar os usuários a atingir suas metas. No entanto, o gadget não traz tecnologia NFC para pagamentos por aproximação.

Preço e disponibilidade

A Mi Band 5 chega ao Brasil com preço sugerido de R$ 499, com 8% de desconto para quem pagar à vista. Já a Mi Smart Band 4C custa R$ 299,00 em até 6x ou R$ 275 à vista — ambas disponíveis apenas na cor preta.

Vale lembrar que a Mi Band 5 já estava à venda extraoficialmente (e mais em conta) no Brasil em marketplaces como a Amazon (aviso: o Canaltech pode ganhar uma comissão caso você realize uma compra por esse link).

Mi Smart Band 5: ficha técnica

  • Tela: 1,1 polegadas AMOLED (126 x 294 pixels), 450 nits de brilho, vidro 2.5D resistente a arranhões, revestimento AF;
  • Funções da tela: Mostra tempo, etapas, frequência cardíaca, atividades, previsão do tempo,
    notificações de aplicativos, chamadas e muito mais;
  • Sensores: Fotopletismografia (PPG), sensor de frequência cardíaca, acelerômetro, giroscópio, barômetro;
  • Rastreamento: sono, condicionamento físico, lembrete sedentário, ciclo menstrual;
    Modos de atividade: Corrida, Passadeira, Bicicleta, Caminhada, Exercício (livre), Natação, Elíptica (novo) Remo (novo), Pular corda (novo), Bicicleta estática (novo), Yoga (novo);
  • Resistência à água: Sim, até 50 metros de profundidade;
  • Conectividade: Bluetooth 5.0
  • Dimensões: 47,2 x 18,5 x 12,4 mm;
  • Peso: 11,9 gramas;
  • Bateria: 125 mAh;
  • Cores: Preto, amarelo, laranja e verde-claro.

Redmi Band: ficha técnica

  • Construção: silicone;
  • Tela: 1,08 polegadas colorida retangular;
  • Modos: 5 modos para esportistas;
  • Monitoramento de sono: sim;
  • Sensor de batimentos cardíacos: sim;
  • NFC: não;
  • Bateria: 14 dias (segundo a fabricante);
  • Carregamento: conexão USB;
  • Cores: laranja, verde oliva, azul e preto.

Redmi 9 e 9A

Redmi 9 chega oficialmente ao Brasil (Foto: Divulgação/Xiaomi)

Também foram lançados dois novos celulares, todos da família Redmi 9. São modelos ainda mais em conta do que a linha Redmi Note, com especificações mais modestas, mas ainda bons o bastante para entregar boa experiência para quem não faz questão de um smartphone muito cheio de firulas. Ambos já haviam sido anunciados lá fora recentemente.

O mais potente é o Redmi 9, que traz tela LCD de 6,53 polegadas com resolução HD, chipset MediaTek Helio G89 (que tem foco em games), armazenamento de no mínimo 64 GB, até 6 GB de memória RAM e câmera traseira quádrupla com sensor principal de 13 MP. Na frente, as selfies são clicadas com uma câmera de 8 MP, e a bateria tem 5.020 mAh.

Por fim, o Redmi 9A traz chipset Mediatek Helio G25. O celular tem 2 GB de RAM, 32 GB de armazenamento, uma câmera traseira e bateria de 5.000 mAh. Uma versão um pouco mais simples para quem realmente só quer o básico, mas com uma potência razoável para aguentar bem por bastante tempo.

Preço e disponibilidade

O Redmi 9 já está disponível no Brasil com preço promocional de R$ 1.899, sendo o valor sugerido de R$ 2.099. O 9A, por sua vez, custa R$ 1.399,99 em até 6 vezes ou R$ 1.287,99.

Redmi 9: ficha técnica

  • Tela: 6,53 polegadas, Full HD+ (2340 x 1080 pixels), IPS LCD;
  • Chipset: MediaTek Helio G80 octa-core (2,0 GHz; 2 ARM Cortex A75 + 6 ARM Cortex A55);
  • Memória RAM: 4 ou 6 GB LPDDR4x;
  • Armazenamento interno: 64 ou 128 GB eMMC 5.1;
  • Câmera traseira: 13MP + 8MP (ultrawide) + 5MP (macro) + 2MP (profundidade);
  • Câmera frontal: 8 MP;
  • Dimensões: 163,32 x 77,01 x 9,1 mm;
  • Peso: 198 gramas;
  • Bateria: 5.020 mAh com carregamento rápido;
  • Extras: Desbloqueio facial, sensor de digitais, IR Sensor, entrada 3,5 mm para fones, Wi-Fi Dual Band;
  • Cores disponíveis: cinza, verde, roxo;
  • Sistema operacional: Android 10 com MIUI 12.

Redmi 9A: ficha técnica

  • Tela: 6,53 polegadas, IPS LCD, resolução de 720 x 1.600 pixels;
  • Chipset: Mediatek Helio G25;
  • Memória RAM: 2 GB LPDDR4x;
  • Armazenamento interno: 32 GB eMMC 5.1;
  • Câmera traseira: 13 megapixels;
  • Câmera frontal: 5 megapixels;
  • Bateria: 5.000 mAh;
  • Cores disponíveis: azul, cinza e verde;
  • Sistema operacional: Android 10 + MIUI 11.

Mi True Wireless Earphones 2 Basic

Fechando a lista de gadgets portáteis, temos o fone de ouvido Mi True Wireless Earphones 2 Basic. O nome comprido pode assustar um pouco, mas é basicamente uma espécie de AirPods mais barato. O destaque do dispositivo anunciado lá fora há duas semanas está na autonomia, de até cinco horas diretas de som e 20 horas com a bateria do estojinho de transporte.

O fone conta com cancelamento de ruído por dois microfones na parte externa da peça. E está à venda no Brasil por R$ 399,00 no lançamento, um desconto de 20% em relação aos R$ 499 do preço sugerido.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.