Xiaomi coloca Redmi Note 10 Pro 5G para enfrentar testes extremos de resistência

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 27 de Maio de 2021 às 14h40
Divulgação/Xiaomi

A Xiaomi realizou nesta quarta (26) evento na China em que oficializou os Redmi AirDots 3 Pro, trouxe o Redmi Note 10 5G ao país, com algumas mudanças em relação ao modelo global, e anunciou o Redmi Note 10 Pro 5G. Principal revelação e modelo mais poderoso da família atualmente, o Note 10 Pro 5G embarca chipset MediaTek Dimensity 1100, tela de 120 Hz e bateria generosa de 5.000 mAh.

Um dos destaques do aparelho é a presença do vidro Gorilla Glass Victus, mais recente solução de alta resistência da Corning, que chega pela primeira vez a um intermediário premium. Até o momento, o componente era exclusivo de celulares premium como o Galaxy Note 20 Ultra e o Galaxy S21 Ultra.

Para reforçar a resistência do vidro e do telefone, a Xiaomi divulgou nesta quinta (27) um vídeo curioso em que coloca o Redmi Note 10 Pro 5G para enfrentar uma bateria de testes extremos.

Redmi Note 10 Pro 5G passa por testes extremos

A produção foi publicada pelo gerente de produto da Xiaomi, Wang Thomas, em postagem na rede social chinesa Weibo, e resume os principais testes pelos quais o Redmi Note 10 Pro 5G foi submetido. O vídeo começa com uma queda tradicional, e então passa para riscos com chaves, parafusos e moedas, chegando a furadeiras em funcionamento.

A situação começa a ficar mais intensa quando itens são lançados na tela do aparelho, incluindo nozes, pedras de gelo e eventualmente pedras. Por fim, o telefone é colocado em uma máquina de lavar, onde é centrifugado junto a chaves, parafusos e pedras novamente. Aparentemente, o dispositivo sobrevive a todos os testes, sem danos visíveis.

Celular foca em recursos premium a preço baixo

O Redmi Note 10 Pro 5G chegou ao mercado chinês com a proposta de oferecer desempenho elevado e recursos premium a um preço acessível. Além do chip Dimensity 1100 e do painel de Gorilla Glass Victus, o celular conta com até 8 GB de RAM, até 256 GB de armazenamento, quatro câmeras traseiras com sensor principal de 64 MP e bateria de 5.000 mAh com carregamento rápido de 67 W.

O Redmi Note 10 Pro 5G é exclusivo do mercado chinês, ao menos por enquanto (Imagem: Reprodução/FoneArena)

O dispositivo também promete uma experiência gamer única, contando com áudio estéreo otimizado pela JBL, teclado "mecânico" virtual desenvolvido pela Razer e conjunto robusto de resfriamento que utiliza o corpo inteiro do telefone para dissipar calor.

A novidade está em pré-venda na China com preços que partem dos 1,499 yuan (cerca de R$ 1.240, em conversão direta). Ainda não se sabe se a Xiaomi trará o Redmi Note 10 Pro 5G a outros mercados.

Fonte: Gizmochina, GSMArena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.