Xiaomi: 5 motivos para comprar smartphones campeões de venda no custo-benefício

Publieditorial | 21 de Fevereiro de 2019 às 18h51

Se o nome Xiaomi ainda não te diz nada, se liga nesta matéria para conhecer um pouco mais desta que é uma das quatro maiores fabricantes de smartphones do mundo, competindo com grandes marcas como Samsung, Apple e Huawei. De origem chinesa, a Xiaomi também fabrica aparelhos eletrônicos diversos como smartwatches, pulseiras fitness, set-top-boxes para TV, etc., e lançou seu primeiro smartphone em 2011. Desde então, a empresa só cresce e se expande internacionalmente, sendo eleita em 2017 como a 5ª marca chinesa com a maior presença global.

A empresa chegou oficialmente ao Brasil em 2015, encerrando sua presença por aqui no ano seguinte, resultado de questões estratégicas e mercadológicas. Mas como a marca é famosa justamente por fabricar aparelhos de qualidade com preços muito mais em conta, os brasileiros continuaram interessados em ter um Xiaomi para chamar de seu, mesmo que isso significasse importar por conta própria e, assim, arcar com custos de importação, fretes elevados e esperar meses até seu aparelho chegar.

E aqui vai a primeira boa notícia: a marca prometeu voltar ao Brasil neste ano, trazendo para cá de maneira oficial os cobiçados Pocophone F1 e Redmi Note 6. E agora uma notícia melhor ainda: você não precisa esperar a Xiaomi voltar ao nosso país e iniciar as vendas dos aparelhos, pois você pode comprar esses e outros modelos da chinesa que já estão em estoque no Brasil por meio da plataforma nacional da Amazon. Ainda, pode pagar pela compra em até 10 vezes sem juros e com garantia, pois cada vendedor tem sua garantia para o consumidor, e a própria Amazon oferece a chamada Garantia de A a Z, que oferece 30 dias para que o vendedor resolva qualquer problema que eventualmente possa acontecer.

Departamento de despacho de uma das várias fábricas da Xiaomi, que já tem cerca de 15 mil funcionários

Vamos então aos 5 motivos que fazem a Xiaomi valer a pena, e em seguida destacamos alguns smartphones populares da marca que estão com preços ótimos na Amazon hoje:

1. Custo-benefício

A Xiaomi produz aparelhos de todos os tipos, desde os de entrada, mais basiquinhos (e mais baratos), passando pelos intermediários (que aliam recursos de ponta com preço justo), e chegando aos dispositivos premium (que ainda assim têm preço mais em conta em comparação com os concorrentes). Então, comprar smartphone da Xiaomi é sinônimo de ótimo custo-benefício, pois você abocanha um aparelho de qualidade reconhecida mundialmente com a certeza de pagar o menor preço possível.

2. Tecnologias de ponta

Seus smartphones são lançados sempre contando com as tecnologias de ponta do momento, considerando, claro, o perfil de cada aparelho. Ou seja: um celular de entrada vai contar com um conjunto de hardware mais modesto, mas ainda assim não trará um processador defasado. Ainda, diversos aparelhos intermediários contam com sistema duplo de câmeras e baterias mais parrudas, o que não é tão comum para smartphones nesta faixa de preço.

3. Sistema Operacional

Os celulares da Xiaomi trazem consigo a MIUI, interface da fabricante para o Android que é projetada justamente para rodar mais rapidamente em seus aparelhos, além de ter um design diferente que muita gente considera até mais bacana do que o original desenvolvido pela Google.

Ainda, a Xiaomi tem alguns aparelhos que fazem parte do programa Android One, trazendo a versão mais pura possível do sistema para aparelhos com especificações mais básicas. Isso significa que o SO roda sem engasgos, dispensa um montão de personalizações da fabricante (que acabam "pesando") e ainda recebe as atualizações assim que elas são liberadas pela Google.

4. Design

Foi-se o tempo em que eletrônicos chineses eram sinônimo de "porcaria". Hoje em dia, a China está na vanguarda da fabricação de smartphones, que têm design elegante sem deixar nada a desejar em comparação com marcas cujo design sempre foi muito elogiado, como é o caso dos aparelhos da Apple, por exemplo. Ainda, há aparelhos cuja construção é tão sólida que acabam aguentando bravamente a intensos testes de resistência, como é o caso do Pocophone F1, um dos mais "fortes" da marca.

5. Estoque no Brasil e sem taxas

Como mencionamos lá no início deste texto, a Xiaomi está com planos de retornar oficialmente ao nosso país ainda em 2019, mas já temos aparelhos da marca com estoque em território nacional por meio da plataforma brasileira da Amazon. Comprando por ali, você paga em reais, pode parcelar, tem garantia, o frete é baixo e você recebe seu Xiaomi rapidinho em sua casa. Ainda, não precisa pagar nenhuma taxa adicional relacionada aos impostos de importação, tampouco arrisca pagar um valor adicional para a Anatel fazer a homologação.

Smartphones Xiaomi com ótimo preço

Abaixo, você confere uma seleção que fizemos analisando o catálogo da Amazon. Escolhemos os últimos lançamentos da Xiaomi que estão com preço irresistível no dia de hoje (21/02).

IMPORTANTE: Fique atento à data de publicação desta matéria, pois todos os preços e promoções estão sujeitos à disponibilidade de estoque e duração da oferta, que tem tempo limitado. Alterações de preço podem ocorrer a qualquer momento, sem prévio aviso. O preço ou valor total do produto poderá ser alterado de acordo com a localidade considerando frete e possíveis impostos interestaduais.

Redmi Note 6 Pro

A linha Redmi é a família da Xiaomi que tem a melhor relação custo-benefício. O Redmi Note 6 Pro traz tela de 6,6 polegadas, bateria de 4.000 mAh, processador Snapdragon 636 de oito núcleos, e opções de 3 GB de RAM e 32 Gb de espaço interno, ou 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento (ambos aceitando microSD para expandir o espaço a até 256 GB). Na traseira, câmera dupla de 12 e 5 megapixels, enquanto a câmera frontal traz sensor duplo de 20 e 2 MP com Modo Retrato. O aparelho com 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento sai por a partir de R$ 989, e a versão com 4 GB de RAM e 64 GB de espaço está custando a partir de R$ 1.105, ambas em até 10 vezes sem juros no cartão de crédito.

Mi Max 3

Já o Mi Max 3 se destaca por ter uma bateria poderosa, com 5.500 mAh de capacidade, além de tela de 6,9 polegadas, processador Snapdragon 636, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento (também expansível com microSD). A câmera traseira é dupla com sensores de 12 e 5 megapixels, com a câmera de selfies oferecendo 8 MP. O aparelho custa a partir de R$ 1.299 em até 10 vezes sem juros.

Mi A2

O Mi A2 é um dos aparelhos Xiaomi que faz parte do Android One, trazendo a versão mais pura possível do sistema e, portanto, oferecendo uma experiência mais veloz mesmo que o dispositivo tenha um hardware mais humilde. Ele conta com tela de 5,99 polegadas, processador Snapdragon 660, bateria de 3.100 mAh e tem versões com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento, ou 6 GB de RAM e 128 GB de espaço interno. Na traseira, sensor duplo de 12 e 20 megapixels, com a câmera frontal oferecendo 20 MP. O Mi A 2 com 4 GB de RAM e 64 GB de espaço sai por a partir de R$ 1.099, enquanto a versão de 6 GB de RAM e 128 GB de espaço custa a partir de R$ 1.479 na cor dourada ou a partir de R$ 1.499 na cor preta — todos com opção de parcelamento em até 10 vezes sem juros.

Mi 8 Lite

Este intermediário premium tem tela de 6,26 polegadas, processador Snapdragon 660 e opções com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento, ou 6 GB de RAM e 128 GB de espaço interno. Na traseira ele tem sensor duplo de 12 e 5 megapixels, enquanto a câmera frontal tem sensor único de 24 MP. O modelo com 4 GB de RAM e 64 GB de espaço sai por a partir de R$ 1.189 enquanto a versão com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento custa a partir de R$ 1.484, ambos em até 10x sem juros.

Pocophone F1

Este é um dos aparelhos Xiaomi que mais fazem sucesso no momento, trazendo especificações dignas de um topo de linha, mas com precinho de intermediário. Ele tem tela de 6,18 polegadas, processador Snapdragon 845, bateria de 4.000 mAh, 6 GB de RAM e opções com 64 ou 128 GB de armazenamento (ambos os casos expansíveis a até 256 GB com microSD). Na traseira o sensor duplo cobina 12 e 5 megapixels, e a câmera frontal tem 20 MP com HDR. O modelo com 64 GB de armazenamento sai por a partir de R$ 1.680 e a versão com 128 GB custa a partir de R$ 1.795, ambas em até 10 parcelas sem juros no cartão de crédito.

* O Canaltech Ofertas tem como objetivo informar seus leitores e publicar as melhores ofertas encontradas no varejo brasileiro. Entretanto, não nos responsabilizamos por alterações posteriores nos preços informados, uma vez que as ofertas aqui apresentadas podem ter diferentes períodos de vigência. Recomendamos aos nossos leitores que sigam nossas publicações e participem do nosso grupo de descontos no WhatsApp para receber as melhores indicações de ofertas assim que elas forem publicadas.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.