Todos os iPhones de 2020 devem ter suporte para 5G

Por Felipe Demartini | 29 de Julho de 2019 às 17h15
Divulgação

Alguns países devem começar a dar seus primeiros passos na tecnologia 5G em 2020, e com eles a Apple. Novas previsões do analista Ming-Chi Kuo indicam que, agora, a empresa estaria planejando já lançar toda a geração 2020 do iPhone com suporte à nova modalidade de conexão.

Para o insider, que é reconhecido por antecipar as novidades da Maçã, a compra de patentes relacionadas a modems da Intel teria sido a responsável por uma mudança de abordagem. Anteriormente, a Apple estaria pensando no 5G como uma forma de tornar ainda mais “premium” os modelos com telas de 5,4 polegadas e 6,7 polegadas, sucessores do iPhone XS e de seu irmão maior, o Max. Agora, entretanto, mesmo a versão considerada “mais barata”, oriunda dos atuais XRs, receberia a novidade.

Isso significa que a Apple seria, possivelmente, a primeira empresa a ter todo o portfólio de aparelhos compatíveis com a tecnologia 5G. Seria, também, uma medida de alinhamento de fabricação e, ainda, contenção de custos, sem a necessidade de criar modems e chips diferentes para duas famílias de smartphones.

A mudança de postura, como dito, seria decorrente da compra da divisão de modems da Intel, um negócio de US$ 1 bilhão anunciado na última semana. O negócio ainda depende de aprovação regulatória, mas traz para a Maçã um portfólio de patentes, tecnologias, pessoal e mão-de-obra especializada, em um movimento que também é visto como uma forma de confirmar o divórcio com a Qualcomm, após o fim de disputas judiciais que duraram anos, e estavam relacionadas a registros de tecnologia.

Segundo Ming-Chi, a data de 2020 coincide com o último ano em que a Apple usaria modems da Qualcomm, seja por forças contratuais ou da necessidade de adaptação para os próprios aparelhos. Isso, ainda assim, não mudaria os planos de entrada da empresa no 5G, enquanto, a partir de 2021, todos os modems utilizados nos iPhones seriam desenvolvidos única e exclusivamente para os smartphones.

Seria, também, uma medida da Apple para bater a concorrência já que, na visão do analista, o final de 2020 também deve ser marcado pela aparição dos primeiros aparelhos de médio porte compatíveis com o 5G, só que no mercado do Android.

A Apple, como sempre, não se pronunciou sobre o assunto.

Fonte: MacRumours

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.