Galaxy A32 vs Galaxy M31: o modelo mais novo nem sempre é melhor

Galaxy A32 vs Galaxy M31: o modelo mais novo nem sempre é melhor

Por Felipe Junqueira | Editado por Wallace Moté | 11 de Maio de 2021 às 13h00
Montagem Canaltech

Cada vez mais celulares intermediários chegam às lojas, com recursos e funções que chamam a atenção e preço bem mais em conta do que modelos topo de linha. São dispositivos com boa potência, muita bateria, câmeras de alta resolução e, agora, até tela com taxa de atualização que deixa o conteúdo mais fluido.

É o caso do Galaxy A32, cujo modelo 4G pode ser uma boa opção para quem não faz questão de um celular muito completo, mas ainda quer boas especificações. Mas como será que ele se sai em um comparativo com o Galaxy M31, modelo que foca em entregar experiência mais avançada a preço mais baixo lançado em 2020?

Vale lembrar que aqui estamos considerando a versão 4G do Galaxy A32, que é mais completo e tem algumas diferenças importantes para a variante 5G, também à venda em território nacional e tem como destaque justamente a quinta geração da banda larga móvel.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Design

O Galaxy A32 com tela de 90 Hz (Imagem: Ivo/Canaltech)

Os dois celulares trazem acabamento bastante parecido, com laterais e traseira em plástico e toda a parte frontal protegida por vidro, sem nenhuma proteção especificada pelas fabricantes. As câmeras ficam distribuídas em filas verticais, porém em um módulo separado da tampa traseira no Galaxy M31 e sem divisão clara no Galaxy A32, que possui peça única, com “furos” para cada lente.

Outra diferença está na localização do leitor de impressão digital, que fica na lateral, junto ao botão de energia no Galaxy A32, e na traseira, um pouco abaixo das câmeras, centralizado. Com relação às cores, o modelo mais novo pode ser encontrado nas opções azul, preto, violeta e branco, sempre com acabamento fosco, enquanto o M31 está disponível em preto, azul e rosa, com um leve degradê brilhante.

E apesar de ambos terem tela com o mesmo tamanho diagonal, o Galaxy A32 é levemente menor em todos os sentidos, com 158,9 x 73,6 x 8,4 mm e 184 g contra 159,2 x 75,1 x 8,9 mm e 191 g do Galaxy M31. Há uma diferença na proporção do display, e a diferença no aproveitamento frontal é pequena, de 84,6% no A32 contra 84,1% no M31. Ambos oferecem os mesmos conectores USB-C e P2, alto-falante mono e botões de volume e energia no lado direito, além de tela com recorte em formato de gota para a câmera frontal.

Galaxy M31 tem tela com recorte em formato de gota para a câmera frontal (Imagem: Divulgação/Samsung)

Tela

  • Galaxy A32 4G: Super AMOLED de 6,4 polegadas com resolução Full HD (1080 x 2400 pixels) e taxa de atualização de 90 Hz
  • Galaxy M31: Super AMOLED de 6,4 polegadas com resolução Full HD (1080 x 2340 pixels) e taxa de atualização de 60 Hz.

Em tela, não há praticamente mudança. Ambos possuem display Super AMOLED de 6,4 polegadas e usam resolução Full HD, com a diferença na proporção de 20:9 no Galaxy A32 e 19,5:9 no Galaxy M31, que resulta em alguns pixels a mais no lado maior do primeiro. Para o uso do dia a dia, mal dá para sentir alguma alteração, e mesmo a altura e a largura não mudam muito entre os dois.

O que muda, de fato, é a taxa de atualização do display, que é de 90 Hz no Galaxy A32 e entrega fluidez maior nos movimentos do que o padrão 60 Hz do Galaxy M31. Ou seja, vídeos e jogos ficam mais suaves no modelo mais recente da Samsung, ao custo de um consumo um pouco maior da bateria.

Câmeras

  • Galaxy A32 4G: 64 MP (f/1.8, principal) + 8 MP (f/2.2, ultra-wide) + 5 MP (f/2.4, macro) + 5 MP (f/2.4, profundidade) + 20 MP (f/2.2, frontal)
  • Galaxy M31: 64 MP (f/1.8, principal) + 8 MP (f/2.2, ultra-wide) + 5 MP (f/2.4, macro) + 5 MP (f/2.4, profundidade) + 32 MP (f/2.0, frontal).

Os conjuntos traseiros de câmeras são idênticos, com as mesmas opções de enquadramento e mesma resolução em cada uma. Sendo assim, ambos entregam fotos com bom nível de nitidez com a principal, ultra wide decente, macro um pouco superior a alguns concorrentes diretos e um sensor de profundidade que permite tirar fotos no modo retrato não apenas de pessoas, como também de objetos.

Traseira do Galaxy A32 tem "peça única" com furos para as câmeras (Imagem: Ivo/Canaltech)

O que vai gerar algumas diferenças no resultado final é o processador de cada modelo, que lê as informações e registra de maneira um pouco diferente. Como são ambos modelos da Samsung, a calibragem é parecida, então no geral você vai ter basicamente a mesma foto de um mesmo cenário com ambos.

Já nas selfies, há uma boa diferença. Com mais resolução, o Galaxy M31 tende a registrar mais detalhes que o Galaxy A32. Além disso, o primeiro consegue gravar vídeo em 4K até mesmo nas selfies, enquanto o segundo fica limitado ao Full HD (1080p) tanto no conjunto traseiro quanto no frontal.

Processador e memória

  • Galaxy A32 4G: MediaTek Helio G80 (12 nm, 2x 2,0 GHz Cortex-A75 + 6x 1,8 GHz Cortex-A55), GPU Mali-G52 MC2;
  • Galaxy M31: Exynos 9611 (10 nm, 4x 2,3 GHz Cortex-A73 + 4x 1,7 GHz Cortex-A53), GPU Mali-G72 MP3.

Má notícia para quem gosta de chipset da Qualcomm: esses dois celulares trazem soluções de concorrentes, sendo um da MediaTek no Galaxy A32 e um da própria Samsung no Galaxy M31. Porém são ambos ótimos chips para dispositivos intermediários, que dão conta do recado sem grandes sustos, caso você entenda a limitação da categoria.

O Exynos 9611 tem mais recursos, mais velocidade e processamento gráfico um pouco superior ao modelo da MediaTek presente neste comparativo. No uso do dia a dia, você pode sentir uma pequena diferença ao fazer downloads, por exemplo. É pouca coisa, mas se a sua prioridade é a potência bruta, o Galaxy M31 deve entregar experiência melhor para você.

Galaxy M31 divide bem a tampa traseira e o módulo das câmeras (Imagem: Divulgação/Samsung)

Além do processador um pouco mais potente, o Galaxy M31 também tem mais memória RAM, com 6 GB contra 4 GB do Galaxy A32. Não é algo que vá afetar muito o uso do dia a dia, a menos que você navegue muito entre aplicativos e use muitos apps pesados. O armazenamento é igual, de 128 GB, expansível com cartão microSD nos dois casos.

Bateria

  • Galaxy A32 4G: 5.000 mAh, carregamento 15W;
  • Galaxy M31: 6.000 mAh, carregamento de 15 W.

O Galaxy A32 tem bateria menor, com capacidade 1000 mAh a menos que os 6.000 mAh do Galaxy M31. Soma-se a isso a taxa de atualização de tela que consome mais energia e você tem um tempo de uso consideravelmente menor. Mesmo assim, a Samsung promete até dois dias de uso, que pode até ser alcançado por quem tem exigência menor. De qualquer forma, o Galaxy M31 tem tudo para entregar um tempo maior longe da tomada.

A recarga é igual, de 15 W de potência em ambos, o que resulta em mais tempo para o Galaxy M31 fazer todo o preenchimento do que seu “irmão” deste comparativo.

Galaxy A32 está disponível em quatro cores (Imagem: Divulgação/Samsung)

Recursos extras

Lembrando que são aparelhos intermediários, não dá para esperar muita coisa em recursos a mais, mas também não quer dizer que esses modelos desapontem. Já trazem mais do que o básico, e certamente vão preencher os requisitos de muito consumidor em 2021.

Ambos oferecem o desbloqueio facial e por impressão digital, sendo que o galaxy A32 tem o sensor na lateral, junto ao botão de energia, e o do M31 fica na traseira. Em conectividade, ambos oferecem Wi-Fi dual-band e Bluetooth 5.0, e apenas o Galaxy A32 tem NFC ativo no modelo disponibilizado no Brasil.

Além disso, a versão Android de fábrica é mais atualizada no modelo mais recente, que já roda a versão 11, presente por atualização no Galaxy M31. A Samsung deve atualizar o Galaxy A32 até uma versão a mais do sistema operacional, ou seja, você deve receber recursos novos por mais tempo se optar pelo celular mais novo.

Galaxy A32 4G vs Galaxy M31: qual vale a pena?

O Galaxy A32 é mais recente e, portanto, vai receber mais atualizações de software, além de oferecer tela com mais fluidez devido à taxa de atualização maior e traz suporte ao NFC para pagamentos por aproximação. Além disso, traz 128 GB de armazenamento interno, o dobro do que modelos mais baratos costumam oferecer.

Por outro lado, o Galaxy M31, apesar de ter alguns meses a mais de presença nas prateleiras, tem processador mais potente, mais memória RAM, câmeras mais completas, especialmente pela possibilidade de gravar vídeos em 4K, e bateria com mais capacidade e duração consideravelmente maior. Fica devendo o NFC, principalmente.

Dito isso, a decisão de qual dos dois vale mais a pena cabe apenas a você, que agora tem todas as ferramentas para avaliar qual é melhor em cada ponto e, assim, definir o que entrega mais daquilo que você busca em um celular.

Galaxy A32 4G: ficha técnica

  • Tela: Super AMOLED de 6,4 polegadas com resolução Full HD (1080 x 2400 pixels), 90 Hz;
  • Chipset: Helio G80 Octa-core até 2,0 GHz;
  • Memória RAM: 4 GB;
  • Armazenamento interno: 128 GB, expansível com cartão microSD;
  • Câmera traseira: quádrupla de 64 MP (f/1.8, principal) + 8 MP (f/2.2, ultra-wide) + 5 MP (f/2.4, macro) + 5 MP (f/2.4, profundidade);
  • Câmera frontal: 20 MP f/2.2;
  • Dimensões: 158,9 x 73,6 x 8,4 mm (AxLxP);
  • Peso: 184 g;
  • Bateria: 5.000 mAh com carregador de 15 W;
  • Extras: Bluetooth 5.0, Wi-Fi dual-band, leitor de impressão digital sob o display, NFC, 4G;
  • Cores disponíveis: azul, branco, preto e violeta;
  • Sistema operacional: Android 11 com One UI.

Galaxy M31: ficha técnica

  • Tela: Super AMOLED de 6,4 polegadas com resolução Full HD (1080 x 2340 pixels), 60 Hz;
  • Chipset: Exynos 9611 Octa-core até 2,3 Ghz GHz);
  • Memória RAM: 6 GB;
  • Armazenamento interno: 128 GB, expansível com cartão microSD;
  • Câmera traseira: quádrupla de 64 MP (f/1.8, principal) + 8 MP (f/2.2, ultra-wide) + 5 MP (f/2.4, macro) + 5 MP (f/2.4, profundidade);
  • Câmera frontal: 32 MP f/2.0;
  • Dimensões: 159,2 x 75,1 x 8,9 mm (AxLxP);
  • Peso: 191 g;
  • Bateria: 6.000 mAh com carregador de 15 W;
  • Extras: Bluetooth 5.0, Wi-Fi dual-band, leitor de impressão digital traseiro, NFC, 4G;
  • Cores disponíveis: azul, preto, rosa;
  • Sistema operacional: Android 10 atualizável para Android 11 com One UI.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.