Samsung anuncia nova geração de tecnologia que melhora câmeras de celulares

Samsung anuncia nova geração de tecnologia que melhora câmeras de celulares

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 04 de Março de 2021 às 12h20
Samsung

A Samsung anunciou nesta quinta-feira (4) uma nova tecnologia para aprimorar a qualidade das fotos de seus smartphones. A ISOCELL 2.0 é uma evolução do sistema lançado em 2013 pela empresa coreana, que incorpora barreiras físicas entre os pixels para isolá-los. Isso evita interferências e “vazamento” entre os pixels, possibilitando uma imagem mais nítida e com 30% mais fidelidade das cores.

A nova sistematização substitui a parte inferior das paredes por um material mais reflexivo, o que dificultará o "sangramento" da luz de um pixel para outro. A versão atualizada também melhora a sensibilidade à luz e reduz ainda mais a perda óptica de cada pixel em comparação com as gerações anteriores.

Com a novidade, espera-se que os sensores de imagem tragam mais pixels na mesma área de superfície, e que também sejam capazes de capturar mais luz. A Samsung lançou um sensor de 200 MP em janeiro e está trabalhando com sensores de 600 MP, que se beneficiariam do desempenho aprimorado da ISOCELL 2.0.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Confira como é o funcionamento da ISOCELL 2.0:

Qual a função dos pixels em uma câmera?

O sensor de imagem em uma câmera é responsável por receber a luz que entra pela lente da câmera e produzir uma imagem a partir dela. Em teoria, quanto mais pixels disponíveis, em mais frações a luz pode ser dividida, o que geraria mais nitidez e qualidade. Mas não é isso que ocorre, de fato. É necessário levar em conta a quantidade de luz disponível, a qualidade do sensor, o tipo de lente usada, entre outros fatores.

À medida que um número crescente de pixels é incorporado aos sensores de imagem de smartphones, pode ocorrer um fenômeno chamado crosstalk. É quando a luz de um pixel acaba vazando para os vizinhos, o que interfere no resultado final. Por exemplo: se a luz de um pixel azul se sobrepõe a um pixel verde, o resultado será uma cor discrepante, um “azul-esverdeado” ou um “verde-azulado” que não corresponde à realidade.

Para a foto ter qualidade, o vazamento de pixels tem que ser a menor possível. (Imagem: Divulgação/Samsung)

Os usuários estão cada vez mais exigentes e os fabricantes de celulares têm se empenhado para transformar seus aparelhos em máquinas fotográficas profissionais. Dentre os componentes fundamentais para isto, o sensor de imagem é um dos mais importantes. Não é a toa que a Samsung está investindo nessa tecnologia, afina as câmeras são responsáveis por captar momentos de nossas vidas para eternizá-los na forma de fotos.

Fonte: Samsung

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.