Realme RMX3366 é certificado por órgão chinês e tem detalhes revelados

Por Felipe Junqueira | Editado por Wallace Moté | 11 de Junho de 2021 às 07h30
Divulgação/Realme

A Realme chegou ao Brasil há pouco tempo e, por enquanto, só lançou três modelos de celulares e já garantiu o lançamento de um quarto, todos da série que a empresa chama de “numerada”. Lá fora, a empresa possui várias linhas diferentes, e uma delas está para aumentar em breve com o lançamento dos Realme X9 e X9 Pro.

Um dispositivo da chinesa com número de modelo RMX3366 foi certificado pelo TENAA, um dos órgãos da China cuja atuação é parecida com a Anatel no Brasil. Há vários detalhes sobre o aparelho na documentação, e os rumores apontam que este modelo pode ser o Realme X9.

Segundo o órgão chinês, o celular tem tela de 6,55 polegadas, bateria com capacidade de 2.200 mAh (possivelmente um erro, considerando que o X7 possui carga de 4.300 mAh), é dual SIM, roda o Android 11 e tem dimensões de 159,9 x 72,5 x 8 mm. Há ainda três fotos do dispositivo, que mostram um visual semelhante ao do Reno 5, da OPPO, com algumas diferenças no conjunto de câmeras.

O que esperar do Realme X9

Além das informações presentes no TENAA, há pouco o que falar sobre o Realme X9 por enquanto. Pelas imagens, é possível acreditar que ele terá tela AMOLED, visto que não há sensor de impressão digital na traseira e nem na lateral, o que leva a crer que ficará sob o display.

O dispositivo deve trazer o recém-lançado Snapdragon 778G em seu interior, rumor que tem como base uma afirmação da própria Realme de que lançaria um aparelho de codinome Quicksilver com a plataforma em breve. Não há detalhes sobre a câmera, exceto que ele tem três sensores na parte traseira.

Por enquanto não há previsão para o anúncio oficial dos Realme X9 e X9 Pro. Fique de olho no Canaltech para mais informações assim que estiverem disponíveis por aí.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.