Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Realme GT 6 terá recurso que permite ajustar a velocidade da CPU

Por| Editado por Wallace Moté | 11 de Junho de 2024 às 10h12

Link copiado!

Reprodução/Realme
Reprodução/Realme
Realme GT 6

Faltando pouco mais de uma semana para a estreia global, o Realme GT 6 continua tendo mais informações divulgadas com novos teasers oficiais. Desta vez, a marca confirmou nas redes sociais não apenas o processador, como ainda alguns dos recursos do telefone. Junto a breves desmontrações das funcionalidades de IA, a Realme confirmou que trará ao aparelho o "Geek Power Tuning", função que permite ao usuário ajustar a velocidade do chip para obter mais desempenho ou melhor eficiência.

Nas publicações, foi revelado que o GT 6 global chegará às lojas equipado com processador Snapdragon 8s Gen 3, aspecto que revela que a novidade poderá ser uma versão renomeada do GT Neo 6. Também presente em rivais como o Motorola Edge 50 Ultra, o 8s Gen 3 é uma versão simplificada do 8 Gen 3, cujo desempenho está mais próximo do antigo 8 Gen 2 de acordo com testes de benchmark.

Continua após a publicidade

Mesmo com essa diferença, a plataforma ainda oferece alta potência e tira proveito de recursos mais modernos, como os núcleos ARM de última geração e a maior capacidade de processamento de Inteligência Artificial.

O segundo diferencial é inclusive outro dos pontos destacados nos novos teasers, que citam algumas das funcionalidades de IA que serão embarcadas no Realme GT 6, com destaque para a remoção de objetos em fotos e o AI Night Vision (traduzido como Modo Visão Noturna). Como o nome indica, a função ofereceria um processamento de vídeo melhorado por IA, capaz de captar mais luz mesmo em ambientes desafiadores.

Há mais um aspecto curioso revelado para estar presente no topo de linha: o Geek Power Tuning. Quando ativado, esse recurso permite ao usuário ajustar as frequências de operação de cada grupo de núcleos da CPU, algo quase inexistente no mercado de celulares.

A possibilidade não é exatamente nova — o Realme GT 5 lançado no ano passado já oferecia esses ajustes, mas havia sido mantido como exclusividade da China e alguns países da Ásia. A função é bem-vinda não apenas por permitir levar o celular ao limite (o sistema volta a controlar as frequências no caso de haver temperaturas muito altas), mas também por abrir margem para ajustes finos em jogos menos exigentes, de modo a economizar bateria.

Não falta muito agora para conhecermos o Realme GT 6 por completo, com seu lançamento global estando marcado para a próxima semana, no dia 20 de junho. É interessante lembrar que o aparelho já foi confirmado para chegar ao Brasil, marcando o retorno da linha GT ao país após três anos. Preços são desconhecidos, mas sabe-se que a proposta é oferecer um topo de linha mais acessível.