Multilaser H vs. Samsung Galaxy A70: qual smartphone comprar?

Por Felipe Junqueira | 19 de Dezembro de 2019 às 15h10
Divulgação
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Galaxy A70

Ficha técnica

A Multilaser apresentou seu primeiro smartphone com hardware potente no final de novembro. Chamado apenas de H, o modelo é mais potente que todos os outros das linhas E, F e G, equipado com Snapdragon 710 e 6 GB de memória RAM. Mas o mais interessante é o preço: apenas R$ 1.399 na loja da própria marca.

O valor baixo, claro, levanta dúvidas. Será que o aparelho é tudo isso mesmo? Para você entender, pegamos um dos modelos mais potentes da linha Galaxy A, o Galaxy A70, para comparar com esse dispositivo fabricado no Brasil. Os preços no varejo hoje estão próximos, sendo que o A70 pode ser encontrado por cerca de R$ 1.580. Ainda um pouco acima do concorrente, então é uma boa balança para vermos se o Multilaser H realmente entrega uma experiência que valha a pena.

Multilaser H vs. Samsung Galaxy A70: performance

Ambos utilizam chipsets que chamamos de intermediários potentes. O Snapdragon 710 do Multilaser H fica em vantagem por ter desempenho um pouco melhor que o Snapdragon 675 que equipa o Galaxy A70. São plataformas muito parecidas, com processadores de velocidade próxima, com uma diferença de arquiteturas. O 710 tem velocidade de clock maior (2,2 GHz), mas o 675 (que chega a 2,0 GHz) tem arquitetura um pouco mais avançada. Você só vai sentir diferença se exigir o máximo de cada um, o que é bem difícil.

O Multilaser H é um poderoso smartphone feito no Brasil (Foto: Felipe Junqueira/Canaltech)

A GPU também dá vantagem para o Snapdragon 710, que consegue lidar melhor com os gráficos. Mas, de novo, a vantagem é muito pequena e ambos vão rodar todos os jogos mais atuais da Google Play Store de maneira parecida, sempre muito perto da melhor fluidez com os melhores gráficos possíveis. Caso você enfrente algum travamento, é só reduzir um pouco os gráficos se o jogo permitir.

Os dois também trazem 6 GB de memória RAM e as interfaces têm boa otimização. Ou seja, seguram bem os apps em segundo plano, sem prejudicar muito as tarefas de quem gosta de ficar trocando entre dois ou três apps.

Para o uso no dia a dia, não há um vencedor claro aqui. Você vai ter um ótimo intermediário potente independente de qual escolher.

Multilaser H vs. Samsung Galaxy A70: tela

O display já é um quesito com bastante diferença. Primeiro pelos tamanhos: são 6,3 polegadas do Multilaser H contra 6,7 polegadas do Galaxy A70. A tela maior do modelo da Samsung se nota, principalmente, por conta da altura. É pouca coisa de diferença, mas a proporção de tela é de 20:9 no A70 contra 19,5:9 no H. Mais próximo da tela “de cinema” significa menos bordas pretas ou menos cortes na imagem quando você consome um filme 21:9, por exemplo.

Quer entender melhor a diferença? A resolução de ambos é Full HD, mas enquanto o H tem 1080 x 2220 pixels, o A70 traz 1080 x 2400 pixels. Isso significa mais espaço para conteúdo no lado maior. Serve para vídeo e serve para navegar na internet.

Tela Super AMOLED do Galaxy A70 é maior (Foto: Canaltech)

A tecnologia dos displays também muda. A Multilaser optou por um painel IPS LCD, cujo custo é mais baixo que o AMOLED do A70. Mas, sinceramente, você tem dificuldade de notar. A calibragem do H é muito boa, com preto bastante profundo. Não é aquela cinza escuro perceptível que a gente vê em muitas telas desse tipo. E ainda tem a vantagem das cores mais naturais desse tipo de display. Claro, o A70 tem tela muito boa, como podemos esperar da Samsung.

A sensibilidade ao toque também é muito boa em ambos, que usam resolução Full HD. São aparelhos com tela muito boa, que fazem jus à categoria intermediário premium. Ao menos nesse quesito, além da performance.

O A70 fica um pouco à frente desta vez, mas quem prefere o visor LCD tem no H uma opção bastante interessante. Ah sim, o modelo da Samsung tem proteção Gorilla Glass, enquanto o da Multilaser tem uma película protetora já na caixa.

Multilaser H vs. Samsung Galaxy A70: acabamento

Nos últimos anos, ficou consolidado que um bom smartphone intermediário premium é aquele com acabamento elegante e de primeira classe, certo? Isso mudou em 2019. Para ser premium, basta ter recursos bacanas e hardware potente. Oras, se o Pocophone F1 pode ser considerado um top de linha com acabamento de plástico, porque um intermediário premium teria que ter corpo de metal ou de vidro?

A Samsung levou isso a cabo este ano. Toda a linha Galaxy A tem corpo plástico que parece vidro. É elegante visualmente. Ao toque, também. O plástico até dá uma aparência de vidro, no que convencionou-se chamar “glasstic” (uma mistura das palavras em inglês glass, “vidro”, e plastic, plástico).

Galaxy A70 tem acabamento que mistura plástico e vidro (Foto: Canaltech)

A Multilaser também adotou corpo plástico, até porque precisava reduzir custos do seu smartphone H. E não leve a mal, o plástico tem suas vantagens. Mas há tipos de plásticos diferentes. O acabamento brilhante do Multilaser H exige o uso de uma capinha, porque risca com muita facilidade. A vantagem é que ainda é mais resistente que o vidro em quedas. Outra boa notícia é que já vem uma capinha na caixa.

Desta vez, temos uma vantagem mais clara do Galaxy A70, cuja aparência é premium mesmo.

Multilaser H vs. Samsung Galaxy A70: bateria

As capacidades são diferentes, de 4.000 mAh no Multilaser H e 4.500 mAh no Galaxy A70. Aqui a diferença nos tamanhos das telas é crucial para entender esse pulo na carga. Quando o display aumenta, há mais espaço para uma bateria maior, ao passo que mais tela também exige mais carga para entregar autonomia satisfatória.

Mas o caso é que temos aqui dois ótimos modelos nesse quesito. Os dois aguentam mais de um dia de uso moderado a pesado, talvez com uma pequena vantagem para o Galaxy A70, de novo. Claro, tudo depende do seu tipo de uso.

Há também a questão da recarga. O Multilaser H vem com um carregador de 15 W de potência, que demora cerca de 2h30 para carregar toda a bateria. O A70, por sua vez, tem carregador de 25 W e demora cerca de 1h30 para fazer a recarga completa. Ou seja, oferece um tempo de uso maior com menos tempo ligado na energia.

Mais uma disputa bem equilibrada, mas de novo o A70 acaba ficando à frente.

Multilaser H vs. Samsung Galaxy A70: áudio

Sistema de som mono e entrada para fone de ouvido no Multilaser H (Felipe Junqueira/Canaltech)

A qualidade do áudio também é um quesito importante em um smartphone. Talvez não para você, especificamente, mas muita gente se preocupa com isso. Aqui temos dois aparelhos com entrada para fone de ouvido e conexão Bluetooth 5.0, que permite usar fones sem fio pareados com boa estabilidade.

O sistema de som do alto-falante é mono nos dois casos. Há quem reclame da potência do áudio no Galaxy A70, que fica inclusive um pouco abaixo do A50, modelo mais barato da mesma linha. Mas está dentro do que se espera para um modelo da faixa de preço: há alguma distorção no volume máximo, mas nada que estrague realmente a experiência.

O mesmo vale para o Mutlilaser H. Por ser um modelo potente de baixo custo, era de se esperar que o sistema de som fosse um dos quesitos sacrificados. Não é bem o que acontece, e o dispositivo tem áudio surpreendentemente bom. Não é uma qualidade que os audiófilos vão ficar com os olhos marejados de felicidade, mas é bem bom.

Aqui neste caso, vamos dar vitória para o smartphone brasileiro, que tem áudio bom, em vez de cortar custos nesse sentido. O A70 poderia ter um alto-falante melhor.

Multilaser H vs. Samsung Galaxy A70: software

Android 9.0 Pie instalado ao sair da caixa nos dois modelos. A diferença fica para a interface. O Multilaser H usa aquela carinha que acabou ficando conhecida como “Android puro”. Ou seja, tem poucas modificações. E, surpreendentemente, não tem muitos aplicativos a mais instalados, apenas o de suporte da fabricante e uma loja da Multilaser, que você pode desativar.

Já o Galaxy A70 tem a One UI da Samsung instalada, com visual bastante modificado e vários recursos extras interessantes. Além disso, oferece leitor de impressão digital na tela, contra um sensor na traseira do concorrente. Ambos possuem reconhecimento facial, mas é o padrão do Google, que não é lá muito seguro.

Proteção contra água e poeira não é oferecido por nenhum dos dois. No quesito interface e recursos não há nenhuma diferença grande, só a questão do visual do Android, que aí fica a critério de cada um escolher o que mais lhe agrada.

Existe, claro, a questão da atualização. A Samsung é mais constante nesse aspecto, e pelo menos o Android 10 deve chegar para o A70. A Multilaser não tem um histórico de atualizações de sistema muito longo, mas diz que o H está preparado para a nova versão do robozinho. Se ela vai chegar, já é outra história.

Multilaser H vs. Samsung Galaxy A70: câmeras

E o último quesito são as câmeras. Os dois possuem conjunto triplo, com a diferença que, enquanto o A70 tem um sensor ultrawide, que capta fotos com ângulo de visão ampliado, o H tem uma lente teleobjetiva, com aproximação óptica de 2x. O problema deste segundo é que não há um atalho no app de câmera para trocar de uma câmera para a outra. Você só ativa esta segunda lente quando aproxima a imagem com o gesto de pinça na tela.

Aliás, o aplicativo da câmera é um problema à parte no Multilaser H. Há um atraso entre o momento que você toca no botão de captura e o registro de fato da fotografia. Não é uma questão grave, mas pode significar a perda de alguns momentos importantes.

Mas vamos às especificações. As câmeras do Multilaser H têm sensores de 16 MP, 8 MP e 5 MP, sendo este último o de profundidade. O A70 traz 32 MP, 8 MP e 5 MP. Única diferença é a resolução maior na câmera principal. Na frente, são 16 MP contra 32 MP.

Caption

E no quesito qualidade das fotos, o modelo da Samsung ganha disparado. É um ótimo intermediário, mesmo que pudesse entregar qualidade um pouco melhor. A ultrawide é o maior ponto fraco, com fotos bem ruins em ambientes com pouca luz. Mas o recorte no modo retrato é muito bom para a faixa de preço atual - perto dos R$ 1.500.

O H não é de todo ruim, mas fica bem atrás. Dá para notar alguns ruídos dependendo do cenário da foto, mesmo com boa iluminação. A aproximação óptica é bem ruim, também, entregando fotos com cores muito diferentes da outra câmera. O modo retrato até que é bem bacana, ao menos. Há bastante falhas, mas para as redes sociais está ótimo.

Nas selfies, a disputa já é um pouco mais equilibrada. Mas o A70 entrega maior nível de detalhes. O que, se você for usar as fotos só para postar na internet, não faz uma grande diferença.

A gravação de vídeos é outra vitória clara do A70. A fluidez fica dentro do esperado, com boa captação de áudio. O H capta o áudio de maneira satisfatória, mas há perda de fluidez dependendo da quantidade de luz.

Mais um quesito com vitória do dispositivo da Samsung.

Multilaser H vs. Samsung Galaxy A70: qual smartphone comprar?

A Multilaser trouxe um dispositivo muito bom considerando o preço cobrado por ele. Mas isso não quer dizer que não existam competidores à altura. O Galaxy A70 se beneficia por estar no mercado há bastante tempo, e ter seu preço oficial já bastante reduzido no varejo online. A diferença de preço é pequena, e com desvantagem para o modelo da Samsung, mas o conjunto geral compensa.

Se você puder pagar esses quase R$ 200 a mais, vale a pena. Se não puder, fique tranquilo: O Multilaser H é uma opção bastante interessante considerando o preço cobrado pela fabricante.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Ofertas Galaxy A70

  • Americanas
    Smartphone Samsung Galaxy A70 - Preto
    R$ 2.099,00
  • Amazon
    Smartphone Samsung Galaxy A70, 128Gb, Tela 6.7'', Azul Sm-A705Mzbrzto
    R$ 2.870,79