Moto Razr | Tudo o que sabemos sobre o smartphone dobrável 'acessível'

Por Felipe Ribeiro | 16 de Setembro de 2019 às 15h00
Sarang Seth
Tudo sobre

Motorola

Saiba tudo sobre Motorola

Ver mais

Com o tanto de vazamentos e rumores, já é possível afirmar que, sim, teremos um smartphone dobrável da Motorola. Ele nascerá sob a batuta de uma marca já consagrada dentro do line-up da fabricante: a Razr. Diferente dos dobráveis já anunciados como Galaxy Fold, da Samsung, e Mate X, da Huawei, o dispositivo da Motorola seria de uma gama intermediária, o que, certamente, deve atingir um público bem maior dentro deste segmento, já que ele custará menos (se comparado aos outros dois citados anteriormente) - mas também será menos potente.

A Motorola ainda não lançou formalmente seu telefone dobrável Razr e não comentou oficialmente sobre o design, preço ou disponibilidade. A empresa disse repetidamente que sua política é "não confirmar nem negar boatos" sobre produtos. Compreensível, já que não há empresa mais "vítima" de vazamentos do que a Motorola (ok, talvez o Pixel 4).

Com isso em mente, veja abaixo as informações mais palpáveis publicadas até o momento sobre o vindouro aparelho, popularmente conhecido como Moto Razr:

Moto Razr: Design

A Motorola relatou em janeiro que estava revivendo sua marca Razr com um novo dispositivo, de acordo com o The Wall Street Journal. Mais tarde, um pedido de patente descoberto pelo blog de tecnologia 91Mobiles incluiu ilustrações do que poderia ser um novo telefone com este icônico nome.

O design inicial de um Razr dobrável

As ilustrações sugerem um design semelhante ao original, mas, em vez de a superfície interior ser dividida por uma dobradiça que separava a tela e o teclado, o novo Razr teria a sua parte interna totalmente formada por um display multitouch. Aparentemente, a tela seria flexível o suficiente para dobrar ao meio e a sua protuberância curva (quando fechada) ficaria escondida dentro do corpo do telefone.

Um mockup mais bem trabalhado do suposto Razr dobrável

Se essas marcações forem precisas, a Motorola adotará uma abordagem mais prática que a Samsung e a Huawei. Em vez de um telefone se abrir em um tablet, o tamanho atraente do Razr significa que ele continua sendo um telefone de bolso.

Moto Razr: Dobrável, mas 'acessível'

A mesma reportagem de janeiro do The Wall Street Journal também informou que o telefone custaria US$ 1.500 (R$ 6105,00), ou seja, mais caro do que a maioria dos smartphones de última geração, como o iPhone XS Max ou o Galaxy Note 10 Plus. Isso, porém, se considerarmos apenas os concorrentes dobráveis, a coisa muda de figura.

Com o Galaxy Fold e o Huawei Mate X custando US$ 1.980 (R$ 8.058,60) e US$ 2.600 (R$ 10.582,00), respectivamente, o suposto preço do Moto Razr parece razoável para um telefone dobrável. Isso, juntamente com as especificações vazadas, pode ser uma dica de que o Razr é um telefone dobrável intermediário. Mais pelas configurações do que pelo preço, claro.

Moto Razr: Ficha Técnica

Em março, o site XDA Developers revelou as especificações que teriam vazado à época:

  • Tela principal: 6,2 polegadas; 2.142 x 876 pixels
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 710
  • Memória RAM: 4 GB ou 6 GB
  • Armazenamento: 64GB ou 128GB
  • Bateria: 2.730mAh
  • Cores: Branco, Preto ou Dourado

É sempre bom lembrar que a tela do Razr original tinha apenas 2,2 polegadas. Um novo monitor de 6,2 polegadas seria de um tamanho bem interessante, perfeitamente adaptável se compararmos com os maiores telefones do mercado. O processador também é uma escolha curiosa. Em vez de um Snapdragon 855, a Motorola pode usar o Snapdragon 710, encontrado nos intermediários Galaxy A8 e Xiaomi Mi 8 SE.

Moto Razr: Recursos

Um dos recursos vazados pelo pessoal do XDA Developers foi a capacidade do Razr de usar a tela principal como um trackpad quando desdobrado. Isso é semelhante ao One Button Nav, encontrado em alguns telefones da Motorola, como o Moto G5 Plus, que usava o leitor de impressões digitais como um mini trackpad ao invés da tela em si.

Este seria o design definitivo do Moto Razr? 

Tal qual o Razr original, deve haver algum tipo de exibição no chassi externo, o que ofereceria mais funcionalidades, especialmente em alguns aplicativos da Motorola, como Moto Display, Moto Camera e Moto Actions. Atualmente, a empresa usa uma versão leve do Android em seus telefones, que incluem atalhos semelhantes.

Os boatos também apontam que o Google Assistant será uma grande parte do dispositivo e que haverá um recurso específico para acioná-lo quando o telefone for fechado.

E aí, estão ansiosos para o novo Motorola Razr? Deixem nos comentários!

Fonte: CNET , XDA Developers

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.