Imagens revelam design de um suposto Motorola Razr com tela dobrável

Por Jessica Pinheiro | 21 de Janeiro de 2019 às 13h48
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Motorola Razr 2019

Ficha técnica

Há quase um ano, o CEO da Lenovo tinha dado pistas de que o modelo Razr da Motorola poderia voltar a circular no mercado. Então, no final de 2018, um design inspirado na linha de celulares em questão foi flagrado e divulgado pela 91Mobiles, que mostrou um dispositivo com uma tela dobrável no interior e um segundo display menor do lado de fora.

Por fim, na última semana, o Wall Street Journal comunicou que a Motorola pretende relançar o Razr como um smartphone dobrável por cerca de US$ 1.500 já em fevereiro de 2019. Agora, surgiram imagens de uma patente da marca de smartphones corroborando o design do novo aparelho.

Vale ressaltar, porém, que o novo dispositivo ainda não aparece registrado em nenhum lugar no site oficial da Motorola, mas o design que surgiu no site da World Intellectual Property Organization realmente lembra muito o antigo celular em questão. O suposto novo Motorola Razr traz de volta até as bordas grandes (em especial na parte inferior) do modelo original.

(Imagens: WIPO)
(Imagens: WIPO)
(Imagens: WIPO)

A principal mudança, porém, é que não existem mais teclas, mas sim um display touch dobrável. Recentemente, Paul Pierce, codesigner do Razr V3, conversou com o site CNET sobre o assunto, mas não deu certeza de que a fabricante estaria trabalhando no retorno do modelo em questão em uma roupagem flexível.

Ele ainda trabalha com a Motorola e revelou que a empresa está “tentando entender” o que pode ser feito para reviver o aparelho. “Mas isso tem que ser feito de uma forma que fundamentalmente proporciona uma experiência incrível. Tenho que descobrir como fazer esse avanço”, afirmou Pierce, provavelmente referindo-se à nova onda de smartphones dobráveis e como trazer o Razr de volta com essa tecnologia.

Os modelos Razr da Motorola tinham um design flip e, caso eles realmente voltem, a tecnologia de tela flexível permitiria que o novo aparelho mantenha seu visual retrô, mas com uma display sensível ao toque, mais moderno e, claro, dobrável. “Estamos tentando entender o que podemos fazer para reviver um pouco [das sensações de se ter um Razr]”, acrescentou Pierce, comentando sobre como foi revolucionário o telefone na época de seu lançamento e os sentimentos que um telefone flip evocavam nas pessoas.

Fonte: The Verge, WIPO

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.