MagDART: Realme pode lançar “cópia” do MagSafe para seus próximos celulares

MagDART: Realme pode lançar “cópia” do MagSafe para seus próximos celulares

Por Bruno Bertonzin | Editado por Wallace Moté | 19 de Julho de 2021 às 11h57
Reprodução/Mophie

A Realme pode, em breve, lançar um novo modelo de carregador que funciona de forma bem similar ao MagSafe, da Apple. De acordo com o que é sugerido por algumas certificações em órgãos internacionais, a fabricante chinesa já começou a trabalhar em um carregador que se conecta à traseira dos aparelhos por magnetismo, bem parecido com a alternativa da Gigante de Cupertino.

Para quem não está familiarizado com o assunto, a empresa de Tim Cook lançou a série iPhone 12 com mecanismos de magnetismo dentro dos celulares. Com eles, os aparelhos podem se conectar com os carregadores MagSafe e obter uma carga rápida de 15W com acessórios compatíveis com a tecnologia.

(Imagem: Reprodução/MySmartPrice)

Fabricantes de celulares Android já começam a pensar em alternativas e a Realme pode ser uma das primeiras a lançar seu próprio carregador por magnetismo, que deve ser batizado de MagDART. O acessório da empresa chinesa já foi flagrado em uma certificação da EUIPO — o Instituto da Propriedade Intelectual da União Europeia — e também foi visto no CGPDTM, que é um órgão indiano para registro de patentes.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Infelizmente, as duas certificações não revelam as características do suposto carregador, a não ser seu nome, MagDART, que utiliza o mesmo sufixo da tecnologia de carregamento rápido da marca, o SuperDART.

(Imagem: Reprodução/Canaltech)

Além da Realme, sua “irmã” Oppo também pode, em breve, apresentar uma solução parecida. Isso porque as duas empresas já dividem a mesma tecnologia de carregamento rápida para suas respectivas marcas. Com isso, não seria surpresa se outras companhias do Grupo BBK, como a OnePlus e a Vivo, também entrarem para este mercado em breve.

Fonte: MySmartPrice

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.