Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Linha Redmi Note 13 pode chegar ao mercado global ainda em 2023

Por| Editado por Wallace Moté | 19 de Setembro de 2023 às 19h28

Link copiado!

(Imagem: Divulgação/Xiaomi)
(Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Redmi Note 13 4G

A Xiaomi vai revelar a linha Redmi Note 13 nesta semana, composta por três modelos: Redmi Note 13 5G, Redmi Note 13 Pro e Redmi Note 13 Pro Plus. Como de costume, as novidades chegariam primeiro à China, mas indícios de que a marca pode lançar a família no mercado global ainda neste ano surgiram, graças a certificações encontradas em órgãos reguladores da Índia.

O usuário Yash, conhecido no X (antigo Twitter) como @i_hsay, encontrou os registros de dois novos smartphones da marca no BIS, órgão indiano com operação similar à Anatel no Brasil — a fonte sugere que esses podem ser o Redmi Note 13 5G e um possível Redmi Note 13 4G.

Continua após a publicidade

Os aparelhos foram registrados pelos número de modelo 2312DRAABI e 2312FRAFDI, que podem indicar o período de lançamento planejado pela gigante. Os quatro primeiros dígitos dão a entender o ano e o mês em que esses dispositivos devem ser anunciados, com "23" e "12" apontando para um anúncio em dezembro de 2023. Infelizmente, nenhuma outra informação, como especificações e recursos, pode ser extraída pelo registro.

O que esperar da linha Redmi Note 13?

A família deve ser anunciada nessa semana pela empresa, em evento na China marcado para 21 de setembro. Mais robustas das novidades, o Redmi Note 13 Pro deve trazer corpo de linhas planas, enquanto o irmão Redmi Note 13 Pro Plus será mais curvado, com uma tela que se estende para as laterais.

Continua após a publicidade

Em características técnicas, o Redmi Note 13 Pro deve ser anunciado com o novo Qualcomm Snapdragon 7s Gen 2, enquanto o Redmi Note 13 Pro Plus contará com o processador MediaTek Dimensity 7200-Ultra. Ambos os aparelhos são esperados com uma câmera traseira principal de 200 MP. Curiosamente, não há informações sobre os possíveis modelos base encontrados nas certificações da Índia — vai ser preciso aguardar pelo evento para sabermos mais.