SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Linha Galaxy S23 teria superado vendas dos antecessores em 22%

Por| Editado por Wallace Moté | 30 de Outubro de 2023 às 14h57

Link copiado!

Divulgação/Samsung
Divulgação/Samsung

Uma pesquisa da firma coreana de consultoria financeira Hana Securities indica que a família Samsung Galaxy S23 foi bem recebida pelos usuários, aumentando de forma significativa as vendas em relação aos aparelhos da linha Galaxy S22. Os dados sugerem que, no mesmo período, os dispositivos mais recentes superaram a geração anterior em 22%, com grande sucesso do modelo Ultra. O levantamento traz ainda pontos interessantes sobre os celulares dobráveis mais recentes da marca, que parecem ter perdido fôlego após o lançamento.

De acordo com as informações, o número de unidades vendidas da linha Galaxy S23 após oito meses do lançamento é de 22,89 milhões, o que superaria em 22% os registros obtidos pela Hana Securities no mesmo período para a família Galaxy S22. Entre os modelos oferecidos, o Galaxy S23 Ultra seria de longe o mais popular, representando 10,69 milhões de dispositivos, ou cerca de 47% do total.

Continua após a publicidade

O telefone premium é seguido de perto pela variante mais simples da família, o Galaxy S23, que atingiu 8,09 milhões de vendas (algo em torno de 35% do total), com o "irmão do meio" Galaxy S23 Plus chegando a "apenas" 4,11 milhões de unidades (18%). A pesquisa não detalha motivos, mas é possível especular que o flagship premium tenha atraído a maior parte do público pela bateria, câmeras e a presença da S Pen, enquanto a opção compacta tenha conquistado os usuários justamente pelo tamanho.

Independente disso, os resultados são positivos para a Samsung, que teve um 2022 complicado e um início de 2023 desafiador, tanto pela aceitação mista dos Galaxy S22, como por problemas de baixa demanda em outras áreas em que a gigante atua, como no mercado de memórias. Ter um aumento expressivo como esse de um ano ao outro sugere que a linha Galaxy S ainda tem bastante força, e que os Galaxy S23 foram um sucesso, devendo ajudar a Samsung a manter sua liderança no mercado global de celulares frente a rivais como Apple e Xiaomi.

Galaxy Z Fold 5 e Z Flip 5 perdem ritmo

Continua após a publicidade

O cenário deixa de ser positivo quando os dobráveis mais recentes da gigante, o Galaxy Z Fold 5 e o Galaxy Z Flip 5, são avaliados. No período de dois meses após o lançamento, os aparelhos mostraram uma queda, ainda que modesta, no número total de vendas em relação à geração anterior. Enquanto os antecessores chegaram aos 3,63 milhões de unidades, os novos celulares dobráveis atingiram mais modestos 3,51 milhões de vendas, quantidade cerca de 3% menor.

A redução observada é agravada pela "diminuição do impacto" da quinta geração da linha Galaxy Z, o que pode indicar que há menor interesse nos dispositivos — cenário compreensível diante das fortes similaridades com a geração anterior, além de um crescimento na concorrência, com rivais de peso como os recentes OnePlus Open e OPPO Find N3 Flip.

Curiosamente, se a situação é complexa entre os smartphones premium, a Samsung parece continuar dominando o segmento de celulares mais baratos. Apesar de não trazer números, o relatório da Hana Securities indica que a companhia performou bem com a linha de intermediários Galaxy A, especialmente na Índia e no Oriente Médio, onde os dispositivos acessíveis teriam sido líderes de venda. Não há menção ao Brasil, mas é provável que tenhamos um caso similar, considerando outras pesquisas com dados do mercado nacional.