LG registra 13 novos nomes de celulares da série Q, incluindo uma nova linha Q30

Por Alberto Rocha | 17 de Maio de 2020 às 16h14
Tudo sobre

LG

Saiba tudo sobre LG

Ver mais

A LG está realmente disposta a recuperar mercado no setor de smartphones em 2020 e apostar na gama intermediária para alavancar a venda de seus aparelhos. Após lançar o Velvet em substituição à linha G como seu próximo flagship, a fabricante recentemente solicitou o registro de nome para 13 modelos de celulares da série Q na Coréia do Sul.

Segundo um relatório da My LG Phones, os pedidos foram enviados ao Serviço de Informações sobre Direitos de Propriedade Intelectual da Coréia (KIPRIS) e contempla os seguintes nomes: Q31, Q32, Q33, Q51, Q51S, Q52, Q53, Q61, Q62, Q63, Q91, Q92 e Q93, todos presentes na classe 9, indicando que realmente são smartphones.

É curioso observar que um desses, o Q51, foi anunciado no mês de fevereiro com especificações intermediárias como chipset MediaTek Helio P2, 3 GB de memória RAM e tela de 6,5 polegadas com resolução HD+. Jogada de marketing ou não, a fabricante parece não ter se preocupado em reter essas informações, disponíveis publicamente para acesso através do site da KIPRIS ao pesquisar pelo termo "LG Elecrtonics".

LG Q51 foi anunciado no mês de fevereiro e está presente na lista (Reprodução: KIPRIS)

LG pode seguir exemplo da Samsung

Ao que tudo indica, a gigante da tecnologia sul-coreana deve adotar a mesma estratégia vista pela Samsung quando encerrou a linha Galaxy J para priorizar a série Galaxy A (A10, A20, A30, A40, A50, A70).

Caso a previsão esteja correta, é possível que a linha Q30 substitua a K10, estabelecendo um novo esquema de numeração mais interessante do que lançar um novo smartphone com o mesmo número de modelo seguido no ano em que foi lançado.

Será que todos esses telefones da série Q serão capazes de colocar a LG entre as grandes marcas de smartphone do planeta e ganhar participação de mercado no segmento intermediário contra a Samsung? Qual é a sua aposta? Conte-nos abaixo!

Fonte: GSMArena  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.