iPhone 12 deve ter processador até 40% mais potente que o do iPhone 11

Por Diego Sousa | 10 de Agosto de 2020 às 14h58
Reprodução
Tudo sobre

Saiba tudo sobre iPhone 12 mini

Ficha técnica

O A14 Bionic, próxima geração do chip da Apple que equipará o iPhone 12, já está na fase de produção em massa sob processo de 5 nanômetros (nm) pela TSMC e, teoricamente, deve representar uma melhora significativa em desempenho e eficiência energética em relação ao A13.

No entanto, embora ainda não seja possível especular o quão rápido essa melhora será na prática, um desenvolvedor e vazador da Apple afirmou em publicação no Twitter que o chip A14 Bionic será 40% mais rápido em CPU e 50% em GPU em relação ao modelo que equipa a linha iPhone 11.

Vale lembrar que o A13 Bionic ainda é é um dos chips para celular mais poderosos do mercado. Durante seu lançamento, em setembro do ano passado, a Apple informou que o processador era 20% mais rápido e até 40% mais econômico que o A12. Ou seja, se confirmado, teremos melhorias ainda maiores tanto em desempenho quanto em economia de energia no iPhone 12.

De acordo com supostos testes de desempenho envolvendo o chip A14 Bionic, grande parte das melhorias da nova geração se deve ao processador com frequência máxima de 3 GHz. Apesar do aumento na velocidade, é esperado que o chip mantenha os seis núcleos de processamento, sendo dois destinados a tarefas pesadas e quatro responsáveis pela economia de energia.

Supostos resultados do chip A14 Bionic no Geekbench (Foto: Reprodução/Wccftech)

Por enquanto, não há informações oficiais sobre a data de anúncio e lançamento do novo iPhone 12. Uma possibilidade cada vez mais provável é que a Apple repita o que fez durante a WWDC 2020 e apresente os novos produtos em uma transmissão ao vivo gravada no campus da empresa, sem a presença de público.

Fonte: Wccftech  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.