Linha Huawei P50 tem data oficial de lançamento confirmada

Por Bruno Bertonzin | Editado por Wallace Moté | 19 de Julho de 2021 às 09h20
Huawei/YouTube

A linha Huawei P50 finalmente teve sua data de lançamento oficial revelada e a fabricante chinesa deve anunciar os detalhes sobre seus próximos flagships ainda neste mês. De acordo com uma publicação feita pela própria empresa em seu perfil no Weibo, o evento acontecerá no dia 29 de julho, onde serão reveladas todas as novidades sobre os novos celulares.

A nova geração de celulares da Huawei deve contar com mais inovações em relação ao seu conjunto de câmeras e, de acordo com o CEO da empresa Richard Yu, os dispositivos farão parte de “uma nova era da fotografia móvel.” Até o momento, não há muito conhecimento sobre as especificações dos modelos, mas alguns rumores prévios nos indicam que o Huawei P50 contará com um conjunto de três câmeras traseiras, com um sensor Sony IMX707, acompanhado de um Sony IMX600 de 40 MP com lente ultra wide e uma câmera com lente telefoto para zoom óptico de 3x.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Já uma suposta versão mais completa, o Huawei P50 Pro, contará com uma câmera principal com sensor Sony IMX800 de 1 polegada, enquanto a segunda lente será uma OmniVision OV64A de 64 MP, a terceira poderá ser uma câmera periscópica para zoom óptico de 5X e, por fim, um sensor ToF completa as configurações.

(Imagem: Reprodução/Waqar Khan)

Em relação ao seu processador, já foi dito que a Qualcomm poderá lançar uma nova versão do Snapdragon 888 limitada apenas à rede LTE — ou 4G — e que o Huawei P50 pode se beneficiar dessa plataforma móvel. No entanto, também há relatos de que ele pode ser anunciado com o Kirin 9000 e, depois de esgotados os estoques do chipset da Huawei, começar a fabricação com o processador da Qualcomm.

Além do conjunto de câmeras e do processador, já sabemos também que ele chegará de fábrica com o HarmonyOS 2.0, o sistema operacional próprio da marca baseado no código-fonte aberto do Android. Por fim, os modelos também devem contar com suporte para carregamento rápido de 66W.

Fonte: GSMArena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.