Comparativo com iPhone 13 e 13 Pro mostra o potencial da tecnologia ProMotion

Comparativo com iPhone 13 e 13 Pro mostra o potencial da tecnologia ProMotion

Por Eduardo Moncken | Editado por Wallace Moté | 11 de Outubro de 2021 às 09h17
Divulgação/Apple

A Apple finalmente implementou altas taxas de atualização nos iPhones — mas só nos modelos Pro de 2021. Os iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max trazem a chamada tecnologia ProMotion, que adapta o display com imagens de 10 Hz a 120 Hz dependendo da demanda. Mas até onde isso significará economia de bateria?

O diferencial da tecnologia LTPO adotada pela empresa é proporcionar a maior fluidez de uso combinada com uso inteligente de energia. E um teste mostrou que, por enquanto, os resultados são mistos. Isso porque os iPhone 13 e iPhone 13 Pro passaram por um exame de autonomia que apresentou resultado curioso, lembrando que o modelo “básico” tem mais bateria (3.240 mAh), enquanto o Pro conta com um tanque 10% menor.

O teste envolveu consumo de mídia, gravação de vídeos, uso de redes sociais, e navegação web. Em atividades multimídia o iPhone 13 Pro tende a exercitar sua taxa de atualização máxima, e mesmo assim, a queda de energia nessas atividades foi linear àquela observada em outros usos do aparelho. Como é possível acompanhar no vídeo, ele até consegue manter a bateria acima do iPhone 13, mas sempre por uma margem pequena.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Ao longo de todo o teste, o iPhone 13 Pro consegue manter sua bateria com 3% a mais que o modelo com tela de 60 Hz fixos, o que no final se traduz em uma autonomia de 9 minutos adicionais. O resultado os coloca virtualmente na mesma experiência de autonomia, ainda que o dispositivo mais avançado tenha uma bateria menor.

Assim, parece que a tecnologia ProMotion, até o momento, consegue nivelar o tempo de uso apesar da bateria menor e da tela mais fluida. São dois aspectos positivos dessa primeira tentativa da Apple com a tecnologia nos seus celulares. Mas vale lembrar que a empresa promete até 3h a mais em reprodução de vídeo no iPhone 13 Pro quando comparado com o iPhone 13, número que não parece alcançável atualmente.

Cabe destacar que este teste contemplou a tecnologia ProMotion no iPhone 13 Pro menor, que tem 3.095 mAh. Será interessante acompanhar testes com o iPhone 13 Pro Max, que oferece 4.352 mAh. Para este, a Apple promete até 28 horas de reprodução contínua de vídeo — o que se traduz em experiência normal de uso em autonomia para muito mais de um dia longe da tomada.

Vale lembrar, a pré-venda dos novos iPhone 13 no Brasil começa nesta sexta-feira (15).

Fonte: PhoneBuff, 9to5Mac

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.