Baterias do Galaxy S21 e S21 Ultra são certificadas e detalhe chama atenção

Baterias do Galaxy S21 e S21 Ultra são certificadas e detalhe chama atenção

Por Alberto Rocha | 05 de Setembro de 2020 às 16h00
Divulgação/Samsung

Com o Galaxy Z Fold 2, Galaxy Watch 3, Tab S7, Buds Live e o Galaxy Note 20 Ultra anunciados na segunda edição do Unpacked 2020, agora a Samsung pode focar em seus lançamentos para o ano que vem, entre eles a próxima geração da linha Galaxy S. Além de aguardadas melhorias de software e hardware atualizado, a fabricante também deve apresentar novidades relacionadas à bateria, conforme indicam registros encontrados pelo site MySmartPrice na agência certificadora chinesa 3C.

No documento registrado na última quinta-feira (3), o Galaxy S21 e Galaxy S21 Plus estão identificados como EB-BG991ABY (SM-G991) e EB-BG996ABY (SM-G996), respectivamente, e chamam a atenção pela certificação de bateria. Enquanto o modelo flat é listado com capacidade de 3.880 mAh (nominal de 4.000 mAh), o mais avançado aparece com 4.660 mAh, apresentando um acréscimo significativo em relação ao modelo da linha Galaxy S20.

Galaxy S21 e Galaxy S21 Ultra têm baterias registradas em órgão chinês (Imagem: Reprodução/MySmartPrice)

Um detalhe curioso é que as baterias não aparecem como fabricadas pela própria Samsung, mas sim pela Ningde Amperex Technology, uma fabricante de origem chinesa focada na produção de baterias.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Galaxy S21: o que esperar da linha?

A linha Galaxy S20 foi apresentada em março deste ano, em meio a pandemia de COVID-19, e marcou pela mudança em sua nomenclatura. No entanto, há indícios que a Samsung novamente não dê sequência ao número, optando por saltar direto para Galaxy S30.

Rumores mais recentes também apontam que a linha de flagships pode vir novamente formando um trio (S21, S21 Plus e S21 Ultra), inclusive com a versão mais poderosa equipada com processador Exynos 1000, processador esse que marcará a estreia de uma GPU da AMD em chipsets da Samsung.

Fonte: MySmartPrice  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.