Apple é ultrapassada pela Oppo em vendas de celulares na América Latina

Apple é ultrapassada pela Oppo em vendas de celulares na América Latina

Por Vinícius Moschen | Editado por Wallace Moté | 02 de Dezembro de 2021 às 12h50
Ivo Meneghel Jr/ Canaltech

De acordo com uma pesquisa revelada pela agência Counterpoint Research, a Apple perdeu espaço no mercado de celulares na América Latina, e foi ultrapassada pela Oppo no número total de unidades vendidas. Com isso, a companhia não está nem entre as cinco que mais comercializaram smartphones no continente durante o terceiro trimestre deste ano.

Comparação entre o segundo e o terceiro trimestre mostra saída da Apple do top 5 (Imagem: Counterpoint Research)

Por aqui, a marca mais popular ainda é a Samsung, mesmo que tenha registrado uma pequena redução de 37% para 36% na fatia de mercado entre o segundo e o terceiro trimestre de 2021. Na sequência fica a Motorola, que cresceu de 22% para 23% no mesmo período, e a Xiaomi aparece na terceira colocação com 10% das vendas de smartphones no continente.

Como já era esperado, o mercado mais importante para a Maçã é a América do Norte, onde a companhia tem total domínio com 48% dos smartphones vendidos no período registrado — porém, a sazonalidade das vendas feitas pela marca é demonstrada por meio da redução de cinco pontos percentuais em comparação com o trimestre anterior. Existe uma expectativa de aumento para o próximo relatório, com a popularização da linha iPhone 13.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Na Europa, é percebida uma situação curiosa: mesmo com um decréscimo de um ponto percentual (de 21% para 20%) na parcela de vendas entre o segundo e o terceiro trimestre, a Apple ganhou uma posição e alcançou o segundo lugar, atrás da Samsung. A causa dessa situação é a queda brusca da Xiaomi, que passou de 27% para 19% no velho continente, e despencou da liderança para a terceira posição.

Apple aparece entre as cinco mais populares na Europa, América do Norte e Ásia (Imagem: Counterpoint Research)

A companhia chinesa também perdeu espaço na Ásia, onde o primeiro lugar foi perdido para a Vivo Mobile Communications Co.. A crise de componentes é apontada como a principal causadora da queda nas vendas da Xiaomi, representada por um decréscimo de 19% para 16% nos recortes temporais analisados pela Counterpoint Research.

Apple ganha espaço no mercado global

Companhia recupera segundo lugar no mercado global (Imagem: Counterpoint Research)

Quando é considerado um panorama global de vendas de smartphones, os números são mais amigáveis para a Apple. A companhia vendeu cerca de 48 milhões de unidades no período citado, em um aumento de aproximadamente 15% em comparação com o mesmo período do ano passado — com a queda da Xiaomi, a marca de Cupertino reassumiu o segundo lugar geral, com 14% da fatia de mercado.

Para efeito de comparação, a Samsung vendeu mais de 69,3 milhões de celulares no terceiro trimestre, o que representa um aumento de 20% em comparação com o período anterior, que considera os meses de abril até junho. A Realme também ganhou destaque por comercializar mais de 16,2 milhões de unidades, um recorde registrado em plena crise de semicondutores.

Fonte: Counterpoint Research

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.