Apple domina lista de celulares premium mais vendidos até agora em 2020

Por Felipe Junqueira | 16 de Junho de 2020 às 12h39
Six Colors
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

As fabricantes de celulares venderam 13% menos modelos premium no primeiro trimestre de 2020 do que no mesmo período do ano passado, de acordo com um estudo da Conterpoint Research. Mesmo assim, a categoria ainda responde por quase um quarto da indústria de smartphones, e a Apple é a grande líder, com nada menos que quatro modelos no top 5.

Começando pelo último assunto, o ranking dos celulares acima de US$ 400 mais vendidos globalmente entre janeiro e março de 2020 tem os três modelos mais recentes do iPhone mais o modelo acessível do ano passado, ou seja, o iPhone XR. Na quinta posição, aparece o único dispositivo com suporte ao 5G da lista, o Huawei Mate 30 Pro.

No total, os modelos com suporte à nova tecnologia de dados móveis abocanhou apenas um quinto de smartphones vendidos no mundo durante o primeiro trimestre do ano. E a Huawei ficou com 42% desta fatia, que teve na China seu maior mercado, com 63% das vendas.

iPhone 11 fsozinho abocanhou quase um terço do mercado global de celulares premium (Imagem: Reprodução/Counterpoint Research)

Voltando ao geral, a Apple não dominou apenas a lista de modelos mais vendidos, como ficou com 57% de fatia do mercado premium. Samsung ficou com a segunda colocação, seguida pela Huawei. OPPO e Xiaomi foram as únicas a apresentarem aumento de vendas em comparação com o mesmo período de 2019, com a primeira crescendo 67% e a segunda, 10%, retornando ao top 5 depois de 5 trimestres de fora da lista.

Apesar de terem aumentado suas vendas, as duas chinesas ainda estão longe das três líderes, que somam nada menos que 88% de todo o mercado premium. A Conterpoint classifica com premium qualquer dispositivo que custe mais de US$ 400, por isso o Galaxy A51 não aparece no top 5: seu preço é de cerca de US$ 270.

Regionalmente, Apple e Samsung conseguiram ficar com as duas primeiras posições em praticamente todos os mercados, tirando a China, que teve a Huawei como líder. A fabricante teve cerca de 90% de todo o seu mercado no país natal no período, apesar de ter apresentado bons números também na Europa, América Latina e Oriente Médio e África.

Ranking global de marcas de celulares premium no Q12020, também separado por regiões (Imagem: Reprodução/Counterpoint Research)

Google e OnePlus também se destacam

O relatório da Counterpoint Research também citou Google e OnePlus como marcas de destaque em alguns mercados. A Gigante das Buscas foi a terceira fabricante com o maior número de vendas na categoria na América do Norte, mas não entrou nem no top 5 de nenhuma outra região, mesmo com as ofertas agressivas nas linhas Pixel 4 e 3a.

A OnePlus também teve bom desempenho em vários mercados, entrando no top 5 de quase todos. A empresa só não apareceu entre as cinco mais na América Latina, onde tem presença discreta, famosa apenas entre os importadores de plantão, e, curiosamente, em seu país-natal, a China. De resto, a série OnePlus 7 se mostrou bastante popular mundialmente.

Fonte: Conterpoint Research

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.