Anatel homologa Galaxy A01 Core, Redmi 9A e mais um LG da linha K

Anatel homologa Galaxy A01 Core, Redmi 9A e mais um LG da linha K

Por Felipe Junqueira | 08 de Julho de 2020 às 16h57
Divulgação/Xiaomi

Três celulares de entrada acabam de passar por homologação na Anatel, sendo cada um de uma marca. São os modelos SM-A013M, da Samsung, M2006C3LG, da Xiaomi, e LM-K525BMW ou LM-K520BMW, da LG. Destes, apenas o segundo já tem nome comercial confirmado: trata-se do Redmi 9A, recém-lançado oficialmente na Malásia.

O SM-A013M/DS é possivelmente o Galaxy A01 Core, espécie de versão ainda mais barata do Galaxy A01. Rumores apontam que seria um telefone com bateria removível e Android Go, além de trazer apenas 1 GB de memória RAM. Pelo certificado da Anatel, emitido em 6 de julho sob o número 09027-20-00953, o celular possui suporte ao 4G e Wi-Fi apenas na frequência de 2,4 GHz.

Já o Redmi 9A foi anunciado na Malásia com preço aproximado de R$ 450, com tela IPS LCD de 6,536 polegadas em resolução HD, plataforma MediaTek G25, chamada pela fabricante de “gamer de entrada”, 2 GB de memória RAM, 32 GB de armazenamento, câmera traseira de 13 MP e frontal de 5 MP, além de bateria com 5.000 mAh. A certificação da Anatel, emitida em 8 de julho sob número 09953-20-09185 mostra que este dispositivo também é compatível com todas as frequência do 4G brasileiro, além de suportar apenas Wi-Fi de 2,4 GHz.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Baratíssimo Redmi 9A pode estar a caminho do Brasil (Imagem: Divulgação)

E fechando a lista, o LM-K525 ou LM-K520 é um mistério. O número de modelo indica mais um celular da linha K, que tem ainda os LM-K420BMW e LM-K200BAW/LM-K200BMW homologados há algumas semanas, também a serem anunciados pela companhia. Além disso, a sul-coreana já tem autorização para comercializar o LM-Q730BAW, que aparentemente é um smartphone da linha Q — mas pode ser lançado na linha K por aqui.

Por ora, a LG só oficializou os K41S, K51s e K61 no Brasil este ano. Nem o Velvet apareceu por aqui ainda, e também não há registro dele na Anatel. Bom lembrar que o fato de ter passado pelo Sistema de Certificação e Homologação não é nenhuma garantia de que o celular será vendido por aqui, mas é bem capaz que a linha K seja ampliada em breve.

O mesmo vale para os modelos da Samsung e Xiaomi aqui apresentados: a homologação não é uma garantia de vendas em solo nacional, significa apenas que a fabricante pode vender o produto oficialmente aqui. A Huawei, por exemplo, tem vários modelos homologados e, até agora, só anunciou oficialmente o nova 5T no país neste ano.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.