Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

The Ones Who Live | Qual a história da série de The Walking Dead?

Por| Editado por Durval Ramos | 16 de Abril de 2024 às 14h09

Link copiado!

AMC
AMC

Uma das séries de maior sucesso dos últimos anos, The Walking Dead terminou em 2022 após 11 temporadas — mas isso nunca significou o fim.A história desse mundo pós-apocalíptico ganhou várias produções derivadas, dando continuidade à história principal. Uma delas é The Ones Who Live, série em seis episódios que chega ao Brasil no dia 19 de abril e continua a trama de dois personagens importantes: Rick (Andrew Lincoln) e Michonne (Danai Gurira).

A nova minissérie estreou na TV americana em fevereiro de 2024 e chega ao Brasil com legendas e áudio em português pelo Prime Video. O streaming da Amazon tem apostado bastante no universo de The Walking Dead, trazendo várias outras produções derivadas do seriado, como Tales of the Walking Dead e The Walking Dead: Dead City. Além disso, a plataforma já anunciou que a temporada completa de Daryl Dixon, outro spin-off da saga, chega ao catálogo em maio.

Continua após a publicidade

Qual a história de The Walking Dead: The Ones Who Live?

A história de The Walking Dead: The Ones Who Live parte da explosão da ponte que acontece na nona temporada do seriado e mostra qual foi o destino de Rick Grimes depois do incidente. É revelado que ele é capturado pela República Civico-Militar (CRM, na sigla em inglês), o maior grupo militar do universo da saga, e como ele aceita fazer parte do grupo, mesmo a contragosto, para ser uma espécie de infiltrado para mudar a CRM por dentro. 

Um dia, no entanto, o protagonista se envolve em uma missão em que todos seus companheiros são mortos quando o helicópetro em que eles estavam é abatido. O que ele não fazia ideia era que a pessoa por trás do ataque era um velho conhecido seu. 

Com uma trama dividida por narradores — em um episódio é Rick quem assume o protagonismo e, no outro, é Michonne —, o texto do spin-off também mostra o que a mocinha fez depois da sua saída da série original na 10ª temporada e como, durante todo esse tempo, ela nunca deixou de procurar por Rick.

A principal pergunta da série é, justamente, se eles conseguirão se encontrar após seis anos separados, e se continuarão sendo o casal que sempre foram. Isso prova que, apesar de ter uma trama ambientada em um mundo pós-apocalíptico, The Ones Who Live é, provavelmente, o spin-off mais romântico da franquia — embora nunca abra mão da selvageria que marca a série.

O título, inclusive, faz referência a uma frase que os personagens disseram na trama original. Traduzida como "aqueles que vivem", ela serve para lembrá-los que eles continuam sobrevivendo mesmo em meio ao caos e, portanto, com carregando esses sentimentos tão humanos.

Para dar vida a essa história, a série contou com Pollyanna McItosh, Matthew Jeffers, Terry O'Quinn e Will Brill, além dos protagonistas. A produção ficou com a AMC, a mesma empresa responsável pela série original e pelas outras derivadas como Dead City, Daryl Dixon, entre outras.

Continua após a publicidade

Vale a pena assistir a The Ones Who Live?

Lançada nos Estados Unidos em fevereiro, a série foi bem recebida tanto pelos especialistas quanto pelo público. No Rotten Tomatoes, ela cravou 88% de aprovação da crítica e 89% dos espectadores comuns. Vale lembrar que, ao contrário dos demais spin-offs, The Ones Who Live é recheado de flashbacks e referências que exigem que o espectador tenha assistido à trama original para entender o enredo e não perder nenhum detalhe.

Portanto, se você quiser dar uma chance à trama, precisa maratonar as 11 temporadas de The Walking Dead antes. Ficou a fim? Então, não esqueça que Ones Who Live chega no dia 19 de abril, exclusivamente, no Prime Video.