Publicidade

Você provavelmente usa spray nasal de modo errado; este é o jeito certo

Por| Editado por Luciana Zaramela | 22 de Junho de 2023 às 13h43

Link copiado!

Astrakanimages/Envato Elements
Astrakanimages/Envato Elements

Usar corretamente o spray nasal é fundamental para que o jato da solução gere o efeito esperado. Por ser algo considerado tão óbvio e simples, a maioria das pessoas não se preocupa em aprender como usar esse tipo de medicamento. Aplicando de qualquer forma, o uso do spray pode ser menos eficaz em descongestionar o nariz, aliviar os sintomas alérgicos, promover a limpeza das fossas nasais ou hidratar as mucosas. Isso desconsiderando os outros tipos de remédio que usam o nariz como porta de entrada para o corpo.

É até estranho pensar que um spray nasal pode fazer tantas coisas, mas é que, na verdade, são diferentes tipos de produtos vendidos com esse nome. Por exemplo, o spray com soro fisiológico (cloreto de sódio) é normalmente indicado para a limpeza. Esta é a versão mais comum do produto.

Só que existem outros com medicamentos vendidos na forma de spray, como anti-inflamatórios com corticoides, prescritos para quem está com uma crise de rinite alérgica. Outra classe é dos descongestionantes tópicos, que podem viciar se usados por longos períodos. Existem versões com antibióticos. Alguns sprays são prescritos para enxaqueca, por exemplo. Indo ainda mais longe, cientistas testam até um spray nasal para disfunção erétil.

Continua após a publicidade

Apesar das diferentes finalidades de um spray nasal, o modo correto de aplicação é o mesmo para todos, como veremos a seguir. Aqui, é importante adiantar que a pessoa nunca deve inclinar a cabeça para trás na hora de aplicá-lo.

Como usar corretamente o spray nasal?

Em vídeo viral no TikTok, com mais de 2,4 milhões de likes, Waseem Imam, médico alergista que atende nos Estados Unidos, alerta para os principais erros cometidos na hora de usar um spray nasal. A seguir, confira o post original, em inglês:

O Canaltech está no WhasApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Basicamente, o médico alergista recomenda que a pessoa se incline levemente para frente na hora de aplicar o spray nasal. Em outras palavras, não deixe o corpo reto e nem se incline para trás.

Além da postura correta, o especialista comenta que, se o spray estiver totalmente na vertical, ele irá atingir apenas a parede do nariz, o que pode reduzir a sua efetividade (eficácia na vida real).

Então, o spray deve ser posicionado de forma levemente perpendicular e virado para a direção da bochecha e a maçã do rosto. Assim, o líquido será pulverizado, de forma bastante profunda, na cavidade nasal e nos seios da face. Para obter o máximo de resultado, ainda vale permanecer uns 30 segundos na posição curvada.

Continua após a publicidade

No post viral, o médico também explica que casos de sangramento após o uso do spray nasal não são normais e nem esperados. Muito provavelmente, o usuário está aplicando o medicamento de forma errada. Outro indicador de erro é sentir o "gosto" do remédio ou um sabor amargo na boca.

Aplicando o spray nasal da melhor forma

Além dos conselhos de Imam, existem outras boas dicas para quem busca aplicar o spray nasal da melhor forma possível, como revela Mark Aronica, médico alergista da Cleveland Clinic:

Continua após a publicidade
  • Antes da aplicação, o ideal é assoar o nariz, o que libera a passagem para o jato, quando há secreção nasal;
  • É importante agitar o frasco do spray antes da explicação;
  • Ler a bula do medicamento é fundamental. Em alguns casos, é indicado que a pessoa inspire levemente, enquanto o jato do spray é aplicado;
  • Não se deve assoar o nariz imediatamente após o uso. Isso impede que a solução seja eliminada, antes de fazer qualquer efeito na região;
  • Spray nasal é um produto de uso pessoal e nunca deve ser compartilhado.

Mesmo que alguns sprays nasais sejam de venda livre (sem receita), não é indicado o uso sem o acompanhamento médico. Em caso de dúvidas, o ideal é que a pessoa sempre busque orientação.

Fonte: Com informações: Cleveland Clinic