Vacinação da COVID em tempo real: veja quantas pessoas foram vacinadas por país

Vacinação da COVID em tempo real: veja quantas pessoas foram vacinadas por país

Por Fidel Forato | 18 de Janeiro de 2021 às 14h40
Dante Doria/ Pixabay

No combate à pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2), inúmeros países apostam na imunização de suas populações contra o agente infeccioso. Com doses limitadas de vacinas, a maior parte dos imunizados integra grupos de risco para a infecção, como os idosos, ou estão na linha de frente contra a COVID-19, como os profissionais da saúde. Essa regra vale, principalmente, para os países em desenvolvimento. No momento, 1,67 bilhão de pessoas já foram imunizadas em todo o planeta, segundo levantamento da plataforma Our World in Data.

Para este levantamento, a plataforma sobre vacinação contra a COVID-19, em tempo real, agrega dados de fontes oficiais de cada governo. Por exemplo, sobre os Estados Unidos, as informações são disponibilizadas pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC). Já na China, os dados de imunização são atualizados pela National Health Commission (NHC). Agora, no Reino Unido, os números são fornecidos pelo National Health Service (NHS).

Vacinação contra a COVID-19 no mundo

Plataforma mostra quantas pessoas já foram vacinadas contra COVID-19 no globo (Imagem: Reprodução/Our World in Data)

Vale ressaltar que esta plataforma é a fonte exibida, de forma direta, em pesquisas no Google sobre o tema. Para acessar esses dados, basta digitar no buscador algo como "vacinação da COVID-19 no mundo" ou ainda "número de pessoas vacinadas contra o coronavírus". Nesses casos, são exibidos uma série de gráficos, como o que foi incluído a seguir:

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Google disponibiliza dados sobre a vacinação globa contra a COVID-19 (Imagem: Reprodução/Our World in Data/Google)

Agora, confira a lista dos 10 países que mais imunizaram cidadãos contra a COVID-19, até o momento, em porcentagem com as suas respectivas populações:

  1. Gibraltar - 110,4%
  2. Seychelles - 63,5%
  3. Ilhas Cayman - 63,5%
  4. Ilhas Malvinas - 62,5%
  5. Santa Helena - 62,3%
  6. San Marino - 61,1%
  7. Israel - 56,5%
  8. Bermudas - 48,9%
  9. Aruba - 44,4%
  10. Bahren - 42,6%

Quando se contabiliza a porcentagem da população completamente vacinada contra a COVID-19, a tendência é que países menores sejam privilegiados na contagem. Isso porque menos doses dos imunizantes garantem uma expressiva imunização. A exceção entre os 10 primeiros é Israel, com 5,2 milhões de pessoas imunizadas. Já os Estados Unidos configuram no décimo terceiro lugar (13º) com 130 milhões de indivíduos imunizados (39,6%). O Reino Unido, por exemplo, é 18º com 34% da população imunizada (22,6 milhões de pessoas). Agora, o Brasil está em 76º com 8,8% da população imunizada (18,5 milhões).

Mundo já vacinou mais de 1,67 bilhão de pessoas contra a COVID-19 (Imagem: Reprodução/ Our World in Data)

Em número gerais de doses aplicadas, os dez primeiros lugares são ocupados pelos seguintes países, em ordem decrescente:

  1. China: 511 milhões de doses;
  2. Estados Unidos: 286 milhões de doses;
  3. Índia: 192 milhões de doses;
  4. Reino Unido: 60,6 milhões de doses;
  5. Brasil: 57,7 milhões de doses;
  6. Alemanha: 44,4 milhões de doses;
  7. França: 32,6 milhões de doses;
  8. Itália: 30,9 milhões de doses;
  9. Turquia: 28 milhões de doses;
  10. México: 26,5 milhões de doses.

O que é o Our World in Data?

Para entender, o site Our World in Data foi criado por pesquisadores da Universidade de Oxford, no Reino Unido, como Max Roser, economista e filósofo. De forma geral, a plataforma pretende agrupar e apresentar dados de interesse global, de forma interativa, através de gráficos e mapas. Além de questões sobre a pandemia da COVID-19, como número de casos e pessoas vacinadas, a plataforma agrupa também informações sobre emissões de CO2, crescimento populacional e mortalidade infantil, por exemplo.

Atualmente, o maior desafio da plataforma é disponibilizar as estatísticas sobre as vacinas para todo o mundo. Afinal, se o desenvolvimento dos imunizantes contra a COVID-19 foi realizado em um tempo recorde, agora é preciso garantir que essas vacinas cheguem para o maior número de pessoas possível. "Será fundamental que as pessoas em todos os países — não apenas nos países ricos — recebam a proteção necessária. Para rastrear esse esforço, nós da Our World in Data estamos construindo um conjunto de dados internacionais de vacinação contra a COVID-19", explicam os responsáveis pela iniciativa, na página oficial.

Para acessar o mapa da vacinação contra a COVID-19 pelo mundo, clique aqui.

Vacinação contra o coronavírus no Brasil

Quanto ao uso das vacinas no Brasil, o Ministério da Saúde lançou o Vacinômetro da COVID-19, através da plataforma LocalizaSUS. Esta ferramenta permite o acompanhamento, em tempo real, do número de pessoas que foram imunizadas com a primeira e a segunda dose. Além disso, é possível ver quantas pessoas de cada grupo prioritário já foram imunizadas, a diferença por sexo ou ainda quais imunizantes são os mais adotados no país.

Brasil já aplicou a segunda dose da vacina contra a COVID-19 em 18,7 milhões de pessoas (Imagem: Reprodução/Ministério da Saúde)

Segundo os números da Saúde, 58,3 milhões de doses de vacinas contra o coronavírus foram aplicadas em todo o país. Desse total de aplicações, 18,7 milhões de pessoas já receberam a segunda dose, completando a imunização contra o agente infeccioso. Até o momento, a maioria dos imunizados recebeu a CoronaVac (Sinovac/Instituto Butantan), ou seja, a fórmula equivale a 65,7% das vacinas usadas. Já a Covishield (Oxford/AstraZeneca/Fiocruz) representa 23,6% das aplicações e a da Pfizer/BioNTech soma apenas 1,7%.

Para conferir o número de pessoas que já foram vacinadas no Brasil, clique aqui.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.