Oficial: coronavírus ainda não existe no Brasil

Por Rafael Rodrigues da Silva | 31 de Janeiro de 2020 às 17h31
Chung Sung-Jun/Getty

Nesta sexta-feira (31) o Ministério da Saúde efetuou uma transmissão oficial para sanar algumas dúvidas sobre a presença do coronavírus aqui no Brasil, deixando claro que, ao menos por enquanto, nós estamos seguros por aqui.

De acordo com o MS, o coronavírus ainda não existe no Brasil, e até o momento todos os casos suspeitos que passaram pelos exames foram descartados. Por enquanto, existem ainda 12 casos que ainda são suspeitos e esperam o resultado dos exames para ser descartada a presença do vírus, e o Ministério promete que divulgará os resultados desses casos assim que eles saírem.

Além de o vírus não existir ainda no Brasil, oficiais do governo afirmam que o vírus também ainda não chegou a nenhum país da América Latina, e apesar do nível de risco geral da doença ter sido definido pela OMS como “alto”, aqui na América do Sul e na Central, esse nível é de “médio” para “baixo”, com pouca possibilidade de a doença se tornar uma epidemia.

Apesar disso, o governo brasileiro está mudando o nível de risco da doença no país a pedido da Organização Mundial da Saúde (OMS), que pediu que mesmo que os países onde a doença ainda não chegou aumentem as suas medidas de segurança para evitar que o vírus se alastre. Assim, já estão sendo ativados diversos planos emergenciais e centros de operação de emergência em todo o país, e os profissionais que atuam em todos os pontos de entrada no Brasil (portos, aeroportos e pontos de travessia de fronteira) já estão orientando os imigrantes sobre práticas de prevenção e o que fazer caso apresentem sintomas da doença durante a estadia.

Até o momento, também não haverá nenhuma proibição em viagens para a China e para qualquer outro país que possui a confirmação do coronavírus. O trânsito de pessoas entre países ainda está livre, apesar de todas as informações de segurança serem parte do protocolo.

Além disso, os representantes do Ministério da Saúde também aproveitaram para desmentir alguns boatos sobre a doença no Brasil, afirmando que, por enquanto, não há nenhum tipo de vitamina, chá ou remédio caseiro com eficácia comprovada para evitar a infecção. Quem vende esse tipo de solução está apenas tentando se aproveitar do medo da população.

Também foi descartada a ideia de que o Carnaval será uma “porta de entrada” para a epidemia, pois como ainda não existe nenhum caso confirmado no Brasil, tecnicamente não há riscos de a doença se espalhar durante a folia.

Segundo os últimos dados da OMS, até o momento existem 7.818 casos confirmados do coronavírus no mundo (sendo 99% deles na China) e 170 óbitos causados pela doença.

Fonte: Ministério da Saúde

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.