Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Implante com células-tronco ajuda a tratar diabetes tipo 1

Por| Editado por Luciana Zaramela | 11 de Dezembro de 2023 às 17h55

Link copiado!

Polina Tankilevitch/Pexels
Polina Tankilevitch/Pexels

No último dia 27, um estudo publicado na revista Nature Biotechnology apontou uma alternativa para tratar diabetes tipo 1: um implante com células-tronco cultivadas em laboratório. De 10 pacientes que no início do estudo não conseguiam produzir insulina naturalmente, três tiveram melhora significativa após seis meses de uso do implante.

Assim, o dispositivo reduziu significativamente a necessidade de injeções de insulina, e os pesquisadores têm a expectativa de que um dia o tratamento pode fornecer uma cura para a doença crônica. É uma notícia promissora em meio a estimativas preocupantes, como a de que mais de 1,3 bilhão de pessoas terão diabetes em 2050.

Conforme revelam os pesquisadores, cada dispositivo é como uma fábrica de produção de insulina em miniatura: as células são embaladas no dispositivo para recriar as funções reguladoras do açúcar no sangue de um pâncreas saudável.

Continua após a publicidade

“A esperança é fortalecer essas células o suficiente para ajudar a parar de precisar de injeções de insulina", afirmam os pesquisadores, em comunicado.

Mas o próprio grupo reconhece que o ensaio tem limitações: um amostra muito pequena, e a tecnologia não conseguiu normalizar os níveis de glicose no sangue, que é o objetivo.

Ainda assim, os responsáveis veem como promissor, principalmente levando em consideração que as terapias de substituição celular já enfrentaram uma grande barreira: o sistema imunológico ataca as células implantadas, exigindo medicamentos imunossupressores potencialmente prejudiciais.

Diabetes tipo 1

O diabetes tipo 1 aparece geralmente na infância ou adolescência, mas pode ser diagnosticado em adultos também. Pessoas com parentes próximos que têm ou tiveram a doença devem fazer exames regularmente para acompanhar a glicose no sangue.

O tratamento exige o uso diário de insulina e/ou outros medicamentos para controlar a glicose no sangue. A causa do diabetes tipo 1 ainda é desconhecida e a melhor forma de preveni-la é equilibrando a alimentação, realizando atividades físicas e evitando álcool, tabaco e drogas.

Fonte: Nature Biotechnology