Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Ficar sentado é a atividade "menos saudável" para o coração

Por| Editado por Luciana Zaramela | 14 de Novembro de 2023 às 16h55

Link copiado!

New Data Services/Unsplash
New Data Services/Unsplash

Não é de hoje que a ciência afirma que você não deveria passar tanto tempo sentado. No entanto, um estudo publicado na European Heart Journal na última sexta-feira (10) comparou diversos tipos de atividades e confirmou que ficar sentado é a menos saudável das atividades — até mesmo dormir é mais benéfico.

De acordo com a pesquisa, mesmo pequenas mudanças na atividade podem resultar em uma melhoria considerável para a saúde cardiovascular, mas a intensidade do movimento é importante.

A mudança mais benéfica foi substituir o hábito de ficar sentado pelo de realizar atividades moderadas a vigorosas (corrida, uma caminhada rápida ou subir escadas), ou seja: qualquer atividade que aumente a frequência cardíaca e faça respirar mais rápido.

Continua após a publicidade

Na ocasião, os pesquisadores combinaram dados de seis estudos realizados com mais de 15 mil participantes, com direito a informações sobre o impacto do comportamento sedentário, da posição em pé, da atividade leve e moderadamente vigorosa e do sono em várias medidas de saúde cardíaca.

Através disso, os cientistas concluíram que ficar sentado o dia todo é praticamente a pior coisa que podemos fazer para a saúde cardiovascular, o índice de massa corporal (IMC) e circunferência da cintura, colesterol e hemoglobina glicada (HbA1c), um marcador para diabetes tipo 2.

Pequenas mudanças ajudam o coração

O relatório insiste que melhorar essas estatísticas não exige grandes mudanças: ficar de pé apenas meia hora por dia pode reduzir o IMC em até 2,4%, por exemplo.

Se essa meia hora tiver uma caminhada rápida que faz o pulso acelerar, o estudo menciona uma queda nas medidas da cintura de cerca de 2,5 centímetros e uma diminuição na HbA1c de cerca de 3,6%.

Redirecionar qualquer tempo gasto dormindo, em pé ou sentado para atividades físicas leves ou moderadamente vigorosas já é considerado pelos especialistas como uma grande vitória para a saúde cardiovascular.

Ficar sentado faz mal: o que fazer?

Continua após a publicidade

Não faltam estudos alegando que ficar sentado por muito tempo é prejudicial. No entanto, uma revisão publicada na revista científica Sports Medicine afirma que, para quem trabalha sentado, caminhar por 2 minutos diminui a glicose no sangue.

Estudos anteriores observaram, também, que 22 minutos de atividade já ajudam quem fica sentado por 12 horas. Na ocasião, os pesquisadores alegaram que a cada 10 minutos extras de atividade por dia, mais benefícios para a saúde são observáveis.

Fonte: European Heart Journal