Esquizofrenia: o que é, quais são os sintomas e como tratar

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 16 de Julho de 2021 às 08h30
bialasiewicz/envato

Você provavelmente já ouviu falar de esquizofrenia, certo? Basicamente, essa doença é descrita como mental crônica e incapacitante, e geralmente se manifesta na adolescência ou início da idade adulta, entre 20 e 30 anos de idade. 

O distúrbio tem como características surtos que levam o paciente a confundir realidade com delírios e alucinações, o que acaba por dividir sua mente em dois "mundos" que se cruzam. Para te ajudar a entender melhor o que poderia causar a doença e quais os seus sintomas, o Canaltech traz esse assunto à tona.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O que causa a esquizofrenia?

Por enquanto, a medicina ainda não descobriu a causa da esquizofrenia, mas a combinação de alguns fatores podem desencadear a doença, como fatores hereditários, considerando que parentes de primeiro grau de um esquizofrênico têm mais chances de desenvolver a doença.

Além disso, a doença pode ser causada por complicações da gravidez e do parto, infecções e alterações no desenvolvimento do sistema nervoso no período de gestação. Alterações neuroquímicas, como problemas com certas substâncias químicas do cérebro, incluindo neurotransmissores, também podem contribuir para a esquizofrenia, assim como o uso de drogas psicoativas.

Não há nenhum tipo de exame de laboratório que permita confirmar o diagnóstico da doença. Para isso, o psiquiatra, médico especializado em saúde da mente, analisa os sintomas e fecha um diagnóstico.

(Imagem: Robina Weermeijer/Unsplash)

Quais são os sintomas da esquizofrenia?

Os principais sintomas da esquizofrenia são os delírios (ideias ou pensamentos que não correspondem à realidade, mas que a pessoa tem convicção absoluta), alucinações (percepções irreais dos órgãos dos sentidos, como ouvir vozes) e ideias confusas/desconexas.

A pessoa esquizofrênica também perde a capacidade de expressar suas emoções e de reagir emocionalmente às situações. Vale perceber, ainda, que a esquizofrenia geralmente evolui em episódios agudos, em que aparecem vários desses sintomas.

Esquizofrenia tem cura?

Por enquanto, não há uma cura para a esquizofrenia, portanto o tratamento tem como objetivo o controle dos sintomas e a retomada da rotina, trabalho e relacionamento com amigos e familiares. O controle da esquizofrenia é feito por meio de duas abordagens: medicamentosa e psicossocial. 

No que diz respeito ao tratamento medicamentoso, o paciente precisa ter acompanhamento psiquiátrico e utilizar a medicação de forma contínua para evitar novas crises. Os medicamentos se dividem em antipsicóticos ou neurolépticos. Também pode ser feita uma terapia comportamental cognitiva com um psicólogo, para reintegrar a pessoa com esquizofrenia à sociedade.

Fonte: Com informações de Psychiatry.org, Pfizer, OPAS

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.