Após deixar Alphabet, Larry Page quer lançar uma vacina universal contra a gripe

Por Fidel Forato | 13 de Dezembro de 2019 às 13h48
Divulgação
Tudo sobre

Larry Page

Saiba tudo sobre Larry Page

Depois de deixar o controle da empresa que criou há mais de 20 anos, o Google (e a Alphabet) neste mês, Larry Page começa a dar sinais dos seus próximos passos. E ao que tudo indica, serão na área da biotecnologia e saúde, que costuma garantir altos lucros. Page já está trabalhando silenciosamente para desenvolver uma vacina universal contra a gripe.

Mesmo discreto, foi descoberto que o bilionário da tecnologia custeia programas que oferecem vacinas gratuitas contra a gripe para crianças americanas. Na busca por soluções contra a doença, o co-fundador do Google não está sozinho. Muitos cientistas e pesquisadores já estão há mais tempo atrás dessas mesmas descobertas.

Investimentos na área de saúde

Vamos aos fatos: Larry Page está direcionando dinheiro de sua fundação de caridade para uma iniciativa privada de combate à gripe. Esses investimentos financiam um programa que oferece vacinas gratuitas contra a doença para crianças, em idade escolar, da região de Oakland, nos Estados Unidos. Nesse caso, as vacinas são oferecidas através de um grupo chamado Shoo The Flu, que financia o medicamento desde 2014 e tem relação com o governo local.

Além dessa iniciativa, Page tem uma segunda empresa que financia esforços para criação uma vacina universal contra a gripe. A outra empresa em que está envolvido é a Flu Lab, que entre suas atividades ajuda com fundos o Grande Desafio da Fundação Bill & Melinda Gates para o Desenvolvimento Universal de Vacinas contra a Gripe.

Larry Page está por trás de série de iniciativas pelo combate da gripe

Durante algum tempo, o próprio Page e sua família contribuíram diretamente com o desafio da Fundação, mas recentemente o fluxo de capital familiar foi substituído pelo da Flu Lab.

Tanto a Shoo the Flu quanto a Flu Lab são empresas privadas. Por isso, não precisam apresentar declarações de impostos públicas. No entanto, o financiamento para a Shoo the Flu vem da fundação de caridade de Page, a Fundação Carl Victor Page Memorial, que é obrigada a registrar publicamente seus investimentos. Entre 2015 e 2017, a fundação de Page destinou à Shoo the Flu mais de US $ 4,1 milhões.

Em entrevista recente, o diretor da Shoo the Flu, que é também CEO do Flu Lab, informou que a iniciativa passará sob a égide do Flu Lab, centralizando assim os investimentos — e os conhecimentos da área médica.

Impactos de uma vacina universal

Todo ano os médicos precisam atualizar a formulação da nova vacina contra o vírus influenza, conhecido popularmente como gripe. Isso porque ele sofre mutações e gera linhagens contra as quais as pessoas não têm anticorpos. Por isso, existem tantas campanhas para a vacinação dos grupos de risco, como idosos, "atualizadas" a cada ano.

Uma vacina universal contra a gripe é um sonho antigo para os pesquisadores e médicos que trabalham contra a doença. Se desenvolvida com sucesso, esses profissionais não precisariam mais "adivinhar" quais cepas de gripe circularão no ano seguinte, o que aumentaria, ainda mais, sua eficácia.

Isso porque essa hipotética injeção protegeria as pessoas por mais de um ano de qualquer tipo de gripe. Só que por enquanto, as pesquisas estão longe de alcançarem esse objetivo. Talvez, Page seja capaz de acelerar consideravelmente esse processo, afinal, pelas cifras investidas e pelas empresas envolvidas, não parece que ele está para brincadeira.

Fonte: The Verge via TechCrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.