Airpods: casal processa Apple por danos auditivos irreversíveis

Airpods: casal processa Apple por danos auditivos irreversíveis

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 19 de Maio de 2022 às 09h43
twenty20photos/envato

Um casal dos EUA processou a Apple por danos auditivos irreversíveis, supostamente causados pelos famosos Airpods. A alegação é que um alerta em volume extremo prejudicou os tímpanos de seu filho, um garoto que na época tinha 12 anos, hoje com 14. Desde então, ele passou a precisar de aparelho auditivo.

Segundo o processo, o garoto assistia a uma atração da Netflix em seu iPhone, quando a transmissão foi interrompida por um amber alert, uma notificação muito comum nos EUA, concentrada em divulgar informações sobre crianças desaparecidas (e que costuma surgir sem aviso prévio, em veículos de comunicação como televisão e rádio).

O relato é que o garoto estava assistindo ao conteúdo em um volume mediano, mas o alerta súbito veio no último volume, causando zumbido no ouvido, tontura, vertigem e náusea. Segundo processo, o par de Airpods pro “rasgou o tímpano, danificou a cóclea e causou ferimentos significativos”.

O processo, que já corre ao longo de dois anos, ainda conclui que “os AirPods não reduzem, controlam, limitam ou aumentam automaticamente os volumes de notificação ou alerta para um nível seguro”, e ainda traz à tona o ponto de vista de que a Apple "não fornece nenhuma maneira de ajustar os sons de alerta".

Casal processa Apple por danos auditivos causados por Airpods (Imagem: twenty20photos/envato)

A empresa também foi acusada de não avisar aos usuários que o volume poderia aumentar tanto que causaria danos físicos, e isso ganhou forças nas redes sociais e na própria página da Apple, onde diversas pessoas já compartilharam do mesmo desconforto.

"Tenho o mesmo problema que muitos já relataram com notificações extremamente altas de Airpods (2ª geração), enquanto o volume para chamadas telefônicas, músicas e outros sons está bom. Em Configurações, parece não haver como diferenciar os níveis de som entre dispositivos", consta em uma das reclamações ao site da empresa. Felizmente, a ciência te ajuda a escolher o modelo de fone de ouvido ideal.

Fonte: NBC News, Apple

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.