Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Twitter libera em breve transmissões ao vivo de games e vendas

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 03 de Outubro de 2023 às 12h04

Link copiado!

Julian Christ/Unsplash
Julian Christ/Unsplash
Tudo sobre Twitter

O X (antigo Twitter) explora novas opções para a rede social: a plataforma desenvolve uma opção para permitir transmissões ao vivo de games e vendas, com direito a uma parceria com a influencer e empresária Paris Hilton.

Ambas as novidades fariam parte da ideia de tornar a rede como o “app de tudo”, tão defendida por Elon Musk desde a mudança de identidade do Twitter. Alguns recursos já estão a caminho, como as chamadas de áudio e vídeo, mas a empresa continua com testes para ampliar o leque de opções.

Transmissões de games

Continua após a publicidade

Futuramente, a rede pode virar uma concorrente da Twitch nas transmissões ao vivo de jogatinas. Assinantes do X Premium (antigo Twitter Blue) podem conectar a conta do OBS Studio, software que facilita streamings, com o X Media Studio para criar lives.

Além disso, o recurso permite adicionar comentários dos espectadores. O passo a passo de configuração é um pouco complicado, mas foi detalhado pelo engenheiro do X, Mark Kalman.

Dono da empresa, Musk aproveitou para fazer um dos primeiros testes com a nova função. Ele usou uma conta anônima para divulgar uma live de pouco menos de uma hora jogando Diablo IV e promoveu o vídeo em seu perfil pessoal.

Continua após a publicidade

Live shoppings e mais experiências comerciais

A plataforma também confirmou uma parceria com a empresa 11:11 Media, que tem Paris Hilton como CEO. A marca deve ser usada para ativações ao vivo na rede social com Spaces, transmissões de vídeo e live shopping.

Continua após a publicidade

O live shopping é uma prática que envolve transmissões voltadas para a venda de produtos — é possível permitir a compra sem sair do vídeo, promover os itens e tirar dúvidas de clientes ao vivo. O serviço é comum em outras redes, como Instagram, TikTok e Youtube, e também deve chegar ao X.