Publicidade

Twitter começa a testar newsletter após compra da Revue

Por| 02 de Fevereiro de 2021 às 16h57

Link copiado!

Google Discovery
Google Discovery
Tudo sobre Twitter

O Twitter comprou em janeiro deste ano o Revue, uma plataforma de gerenciamento e disparo de newsletters, revelando a intenção de entrar no mercado. Agora, menos de um mês depois, recursos do gênero começam a aparecer para alguns usuários da rede social em determinados países.

Entusiastas de tecnologia receberam um informe em seus perfis do Twitter sobre a novidade. A empresa chegou a avisar que tinha lançado a ferramenta de newsletter na sua rede social, mas recuou e colocou o recurso em beta fechado, por enquanto.

Um deles foi Mathew Panzarino, editor do site TechCrunch, que já até conta com sua própria newsletter configurada.

Continua após a publicidade

A novidade está disponível na versão para navegadores da rede social, no menu que fica à esquerda da tela. Quem é participante do beta fechado tem acesso a um novo ícone de newsletter.

De acordo com jornalista do TechCrunch, a ferramenta permite produzir textos, incluir tweets, importar lista de e-mails, além de acompanhar engajamento. Ainda, é possível criar planos de assinatura e cobrar pelo acesso aos conteúdos.

De acordo com o site, também, o Twitter mantém integração com outras redes sociais como Facebook, Instagram, Pocket, Product Hunt, Instapaper. Com isso, é possível adicionar publicações embutidas no corpo do texto da newsletter.

Continua após a publicidade

A companhia está mantendo uma série de recursos já disponíveis no Revue. Por exemplo, a possibilidade de agendar o disparo dos e-mails para os assinantes. Entretanto, ainda não há novas ferramentas exclusivas para a versão do Twitter.

O mercado de newsletter tem se mostrado um ambiente prolífico para gigantes do mercado. Além do Twitter, o Facebook também pode estar interessado em se aproveitar do bom momento de ferramentas do setor.

De acordo com o New York Times, a empresa de Mark Zuckerberg está trabalhando em uma ferramenta de newsletter desenvolvida internamente. Segundo o jornal, o recurso deve ser lançado ainda em meados de 2021.

Fonte: TechCrunch