SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Twitter começa a liberar selo dourado, mas o cinza ainda fica de fora

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 12 de Dezembro de 2022 às 15h21

Link copiado!

Alveni Lisboa/Canaltech
Alveni Lisboa/Canaltech
Tudo sobre Twitter

O Twitter começou a mudar a cor dos selos de verificação das contas para diferenciar os perfis e já causa confusão na web. A rede social começou a designar o ícone amarelo para mostrar "pessoas notáveis no governo, nas notícias, no entretenimento ou outras categorias", embora nem todos tenham sido contemplados.

O blue check deve ficar restrito para quem pagar pelo Twitter Blue, serviço de assinatura premium da rede social. Esse ícone será usado para mostrar somente que aquela foi uma conta verificada com o pagamento, sem qualquer checagem adicional.

Continua após a publicidade

Por enquanto, algumas pessoas jurídicas e físicas ainda estão com o selo azul, mesmo sendo influenciadores digitais ou jornalistas. Pela regra nova, essas contas deveriam ter o selo amarelo.

A única forma de diferenciar as pessoas notáveis dos assinantes do Twitter Blue agora é passando o mouse sobre o selo da pessoa. Quem é assinante terá uma descrição específica de quem foi manualmente verificado pelo Passarinho Azul.

Cadê o selo cinza?

Continua após a publicidade

Alguns perfis vinculados a órgãos governamentais também ainda estão com o selo antigo, embora devessem estar com o cinza. A promessa de Elon Musk, dono do Twitter, era separar a cor para diferenciar perfis de ministérios ou secretarias de governo para dar mais ênfase às informações oficiais.

Ainda não foi visualizado nenhum selo cinza, exceto o que já vinha sendo usado para destacar contas oficiais. Segundo o perfil oficial do Twitter, essa nova marca será implementada em breve para "governos e contas multilaterais".

Não está claro o que seriam essas contas multilaterais, mas é provável estarem relacionadas a perfis que se enquadrem em duas categorias ao mesmo tempo. Um Ministro de Estado, por exemplo, é uma pessoa notável no governo, mas fala em nome do seu ministério. É diferente de um político sem mandato ou de um senador, cuja fala representa a si próprio apenas.

Continua após a publicidade

Verificação colorida e confusa

Musk criou uma imensa confusão com os selos multicoloridos. O bilionário havia prometido o lançamento essas novas marcas de verificação em novembro, sem estipular uma data.

Hoje (12), o Twitter Blue foi relançado com o ícone de azul e outras vantagens para quem pagar US$ 8 (cerca de R$ 42, em conversão direta) por mês. A compra é mais cara para usuários do iPhone, como forma de cobrir os custos da taxa aplicada pela Apple nas vendas.

A ideia era acabar com a "casta" dos verificados, que, segundo ele, seria uma forma de segregação entre os usuários. Com a liberação geral, surgiu uma onda de perfis falsos tentando enganar as pessoas.

Continua após a publicidade

Na verdade, o checkmark nunca foi para dar superioridade a ninguém, e, sim, para mostrar a autenticidade daquela conta. Agora, em meio a tantos selos diferentes, não está servindo para propósito algum além de engordar os bolsos do Twitter.