TikTok lança campanha global para combater bullying e incentivar gentileza

TikTok lança campanha global para combater bullying e incentivar gentileza

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 09 de Agosto de 2021 às 16h18
Reprodução/TikTok

O bullying é muito associado ao período escolar de crianças e adolescentes, mas ele pode se estender por outras fases da vida. Nas redes sociais, esse fenômeno negativo é especialmente forte, razão pela qual o TikTok tem se empenhado em combatê-lo.

Hoje (9), a companhia lançou a campanha #CultiveGentileza, um movimento global de conscientização sobre a perseguição online. Com uma série de vídeos criativos, a plataforma pretende incentivar a gentileza como um gesto comum no cotidiano da rede.

Campanha promove o relacionamento saudável entre as pessoas (Imagem: Reprodução/TikTok)

Segundo o TikTok, a decisão foi motivada pela experiência negativa que algumas pessoas enfrentam, que persistem mesmo quando elas fecham o aplicativo. A conta @masterclassbr terá um conjunto de vídeos animados para retratar histórias reais de seis criadores de conteúdo com “experiências diversas”.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A ideia é oferecer diferentes perspectivas sobre formas de combater o bullying. Um dos enfoques destacados pela plataforma é o impacto não intencional desse comportamento nos outros. Muitas vezes, a pessoa que intimida a outra não faz por maldade, e nem percebe que está fazendo algo terrível — os vídeos podem alertá-la sobre o comportamento inadequado.

@masterclassbr

O que você faz quando alguém tira o seu vídeo de contexto e tenta te colocar pra baixo? Se liga nessa dica e ##CultiveGentileza ❤️🌸

♬ som original - TikTok Academy

Esses são os temas listados pelo TikTok:

  • "Bloqueie os agressores": @milkymichii revela como ela lida com duetos rudes e não gentis.
  • "Por que você faria isso?": @recokh compartilha como suas inseguranças estão por trás do desejo de ser cruel com os outros e como navegar por esses sentimentos.
  • "Comentários que quero guardar": @kellyemmrich mostra como superar os comentários negativos, concentrando-se nas comunidades positivas sobre ela.
  • "Afaste-se": @amyrightmeow dá conselhos sobre o que fazer quando as pessoas intencionalmente deturpam seus pensamentos.
  • "Poder das Palavras": @rosie.gif explora o impacto que as "microagressões" podem ter e pede para que as pessoas pensem antes de postar e compartilhar.
  • "O que não queremos ver": @king.science incentiva as pessoas a tratarem umas às outras com cuidado e compaixão.

Além das animações todas caracterizadas, cada qual com seus estilos próprios, os criadores de conteúdo mostram sua cara ao final dos vídeos para trazer sempre alguma mensagem importante. É aquela velha história que os pais geralmente ensinam para os filhos: não faça com o outro o que você não quer para você.

Combate às experiências ruins

Com um público-alvo bastante jovem, o TikTok tem liderado esforços mundiais para combater o abuso, a exploração sexual e as atitudes indesejadas contra jovens na plataforma. Os desenvolvedores já criaram ferramentas para denúnciar e excluir comentários negativos e bloquear perfis que insistem no ato.

Outra adição recente foi o bloqueio do contato entre contas de adolescentes e perfis de adultos desconhecidos. Além disso, a rede tem lançado regularmente cartilhas e materiais informativos para auxiliar os pais e responsáveis na orientação do que os pequenos veem na internet.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.