Tiktok convida artistas e criadores negros para ações de combate o racismo

Tiktok convida artistas e criadores negros para ações de combate o racismo

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 03 de Novembro de 2021 às 11h24
(Imagem: Reprodução/ Alexander Shatov/Unsplash)

Marcada como uma rede leve e voltada para o entretenimento, o TikTok quer mostrar que sabe falar sério quando precisa. Após campanhas contra o preconceito e a homofobia, agora a plataforma promete um conjunto de ações ao longo do mês de novembro para combater o racismo a discriminação contra a população negra. Como parte da celebração do Dia da Consciência Negra no Brasil, o app promoverá a hashtag #NaMinhaPelePreta, criada com o objetivo de promover uma reflexão sobre a importância da comunidade negra para a cultura nacional.

O evento terá uma série de iniciativas que serão realizadas nos próximos meses, com destaque para a produção dos criadores pretos da plataforma, além dos diferentes interesses e contextos desta comunidade na plataforma. A ideia é valorizar os conteúdos produzidos por essas pessoas, nem sempre vistos pela sociedade com a devida atenção, com forte apelo para identidade, raízes e ancestralidades.

Ações ao longo do mês de novembro vão celebrar a cultura preta (Imagem: Divulgação/TikTok)

O TikTok promete parcerias e ações para envolver praticamente todas as vertentes da plataforma: música, esportes, games, beleza, comédia, livros, entretenimento e educação. "Estamos felizes em promover essa campanha que abraça a importância da pluralidade e da história da comunidade negra e pretende inspirar criadores negros de todo o Brasil, para que possam se expressar, tenham voz e tragam à tona qualquer assunto que julguem relevante, pois sabemos que diferentes perspectivas enriquecem a sociedade", afirma o diretor do TikTok for Good no Brasil, Handemba Mutana.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Shows e conteúdos

No próximo dia 8 de novembro, às 18h, MC Dricka (@mcdricka) e Deize Tigrona (@deizetigrona) vão conversar sobre a representatividade no funk em uma live conjunta no perfil das duas artistas. No dia 10, no mesmo horário, será a vez de Martinho da Vila (@martinhodavilaoficial) participar de uma roda de samba animada no seu perfil.

Para quem gosta de hip-hop, a rapper Tássia Reis falará sobre a importância do gênero no dia 17, às 19h, no perfil @tassiareis_ . Já no Dia Nacional da Consciência Negra, 20 de novembro, às 17h, o francês Lhommestatue lançará suas músicas exclusivas do novo álbum "SER". Para fechar a programação de novembro, a plataforma terá, no dia 30, uma apresentação dos músicos do projeto Generation NXT - Marvvila , Ébony, Lukinhas e Jotta A: eles vão um pocket show com os maiores hits, cada qual em seu perfil na rede social e também em @TikTokMusica.

A rapper Tássia Reis é uma das participantes da ação (Imagem: Tássia Reis/Instagram)

A plataforma promete, ainda, uma mini-websérie com a história dos gêneros musicais dos artistas participantes das ações do #NaMinhaPelePreta. Serão quatro capítulos, em que um artista convidado falará do contexto histórico de um gênero. Esse é um resumo da programação para você colocar na sua agenda:

  • 08/11 - Talk com MC Dricka e Deize Tigrona , às 18h;
  • 10/11 - Bate-papo com Martinho da Vila , às 18h;
  • 17/11 - Talk com Tássia Reis , às 19h;
  • 20/11 - Show Lhommestatue, às 17h;
  • 30/11 - Showcase Generation NXT, às 18h, com Marvvila, Ébony , Lukinhas e Jotta A .

Todos que quiserem participar da ação para difundir a cultura preta poderá usar a hashtag do evento como forma de expressão. O TikTok incentiva que comediantes, rappers, influenciadores de beleza, poetas e booktokers postem seus conteúdos para fortalecer o "universo cultural negro".

Treinamento para criadores negros

Em parceria com a consultoria YOUPIX, o TikTok vai capacitar os criadores de conteúdo negros da plataforma. A partir do dia 3 de novembro, os interessados poderão se inscrever no projeto para passar por um curso de crescimento e aprimoramento das habilidades de na rede, com aulas e workshops durante quatro dias e um total de 12 horas de conteúdo.

O TikTok promete três fases de treinamentos: Foundation, Engagement e Partner, cada qual voltado para uma etapa, com abrangências desde a criação do perfil até o caminho para se estabelecerem e conseguirem viver de negócios firmados com marcas. Por fim, haverá ainda o chamado "Brand Challenge", um workshop de co-criação com o TikTok.

Mesmo se você não for negro, a sugestão do Canaltech é participar do evento com a sua interação: curtidas, comentários e compartilhamentos vão ajudar muito os profissionais a terem seus conteúdos levados para cada vez mais pessoas no TikTok.

Fonte: TikTok  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.