Publicidade

O que é um workshop?

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 11 de Junho de 2023 às 15h00

Link copiado!

Kvalifik/Unsplash
Kvalifik/Unsplash

Workshop é o nome dado a cursos de curto prazo que se tornaram comuns especialmente com as pessoas tendo menos tempo para se dedicar a longos períodos de aprendizado. Outro fator atrativo do formato é a sua capacidade de proporcionar um aprendizado mais imersivo por conta das aulas práticas.

Afinal, o que é um workshop?

Um workshop nada mais é do que um termo em inglês usado como sinônimo de oficina, mas também pode ser aplicado a aulas ou cursos compactos, por assim dizer. Esse tipo de encontro reúne pessoas que desejam aprender habilidades específicas acerca de um assunto, tanto na teoria quanto na prática.

Continua após a publicidade

As aulas geralmente são ministradas por um instrutor ou instrutora e podem durar mais de um dia, mas nunca se estendendo demais a ponto de ser considerado um curso “completo”. Existem workshops gratuitos e pagos, inclusive por meio de doação por parte dos interessados.

Como funciona um workshop?

Um workshop tem como premissa o debate e a prática de um tema específico em grupo. Dependendo do tipo de aula, os alunos podem se envolver em exercícios e atividades para ter um nível de aprendizado mais eficiente. Isso vai depender do tipo de categoria da oficina, que geralmente são duas:

  • Com palestrante: normalmente explica o assunto e demonstra sua expertise na área sem necessariamente envolver as pessoas em práticas — no máximo alguma interação menor, como uma pergunta ou um voluntário para encenar uma situação;
  • Com instrutor: também dominando um determinado assunto, esse tipo de profissional vai explicar a teoria e também organizar aulas para os participantes botarem a “mão na massa” a fim de que eles se tornem aptos no que estão dispostos a aprender no encontro.
Continua após a publicidade

Exemplos de workshops

É possível organizar workshops sobre basicamente qualquer tema. Como dito anteriormente, as aulas costumam durar apenas algumas horas ou dias, então é necessário estabelecer um tema bem específico e tirar o máximo de proveito dele durante os encontros.

Confira alguns exemplos de workshop:

  • Primeiros socorros no trânsito;
  • Como usar o TikTok para alavancar o seu negócio;
  • Melhores práticas para redações criativas;
  • Dicas para fazer fotos incríveis em viagens;
  • Oficina de culinária japonesa.
Continua após a publicidade

Enfim, é possível passar o dia todo listando exemplos, dado o número de temas que os workshops permitem criar. Mas é importante esclarecer para os interessados o nível de experiência que eles precisam ter antes de fazer a inscrição, pois a oficina pode abordar um assunto voltado para profissionais daquele ramo ou simplesmente ser sobre algo que não demande qualquer habilidade específica.

Dicas para organizar um workshop

Não existe uma “fórmula mágica” para que um workshop seja perfeito e maravilhoso, mas é possível adotar algumas práticas que afastam o risco de imprevistos e fazem com que a oficina tenha mais sucesso ao agradar o público:

Continua após a publicidade
  • Bons instrutores: é importante contar com uma pessoa experiente no que faz e que saiba organizar atividades com os alunos. Afinal, processos que envolvem muitas pessoas têm alguma chance de sair do controle e virar bagunça. Instrutores e instrutoras com mais bagagem têm mais facilidade para aplicar processos e deixar a oficina mais prazerosa e produtiva;
  • Preparação: um bom workshop conta com pessoas que estudam, dominam e se preparam com antecedência para apresentar um assunto e ministrar práticas com seus alunos, pois quanto mais conhecimento a pessoa acumula sobre o tema, mais facilidade ela terá para traduzir e ensinar para outros;
  • Defina bem a temática: a escolha do tema deve ser bem fundamentada e despertar interesse do público-alvo para que o evento não seja entediante ou até mesmo esvaziado. Portanto, é fundamental que o assunto seja pertinente, pesquisado a fundo e aplicado de uma forma prazerosa para que os alunos se sintam motivados a dispor horas prestando atenção nas aulas e participando das atividades.

E para que as pessoas saibam do evento, é necessário divulgá-lo de diversas formas. O e-mail marketing costuma ser um dos métodos mais bem sucedidos nesse sentido, então veja 12 dicas para criar campanhas eficazes e fazer com que o seu workshop bombe.