Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

TikTok amplia identificação de fotos e vídeos criados por IA na rede social

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 09 de Maio de 2024 às 13h45

Link copiado!

Mourizal Zativa/Unsplash
Mourizal Zativa/Unsplash
Tudo sobre TikTok

O TikTok anunciou que expandiu a rotulação automática de conteúdos gerados por inteligência artificial na plataforma. A empresa fez uma parceria com o projeto sem fins-lucrativos Coalition for Content Provenance and Authenticity (C2PA) e implementou a tecnologia de “credenciais de conteúdo” para expandir sua capacidade de identificar produções feitas por IA, que começa a valer a partir de hoje (9).

Tecnologia para apontar conteúdo de IA

Segundo o TikTok, o intuito da novidade é impedir confusões ou qualquer tentativa de enganar quem consome vídeos da plataforma. A tecnologia usada pelo aplicativo é chamada de “Content Credentials” (credenciais de conteúdo, em tradução livre) e anexa metadados a vídeos e fotos que ajudam no reconhecimento e na marcação instantânea de sua origem caso seja por IA. 

Continua após a publicidade

O recurso começa a ser implementado no dia 9 de maio e deve chegar para todos nas próximas semanas. Além disso, o TikTok afirma que qualquer pessoa pode utilizar a ferramenta e saber quando, como e onde a obra foi criada ou editada.

TikTok promove alfabetização midiática

Fora a rotulação de conteúdos gerados por IA na plataforma, o TikTok anunciou a criação de campanhas de alfabetização na mídia para auxiliar no pensamento crítico contra a desinformação.

A empresa trabalhou ao lado do programa MediaWise do Poynter Institute para atualizar a página de seu Centro de Segurança visando explicar melhor como as ferramentas do aplicativo funcionam.

Uma campanha para aumentar a conscientização sobre conteúdos potencialmente enganosos gerados por inteligência artificial e a necessidade de sua identificação também foi preparada em parceria com a WITNESS — organização que capacita e auxilia pessoas a lutarem por direitos humanos com o uso de vídeos.

Vale lembrar que o TikTok planeja anúncios com influenciadores gerados por IA e um novo recurso que pode clonar a voz de uma pessoa com o uso da tecnologia.