Facebook e Instagram reduzem qualidade de vídeo na Europa devido a COVID-19

Por Rubens Eishima | 23 de Março de 2020 às 08h45
Tudo sobre

Facebook

Saiba tudo sobre Facebook

Ver mais

Depois de Netflix, YouTube, Amazon Prime Video, o Facebook anunciou que também reduzirá a qualidade de vídeos transmitidos para o continente europeu, em resposta ao pedido do comissário da União Europeia para o mercado interno às principais empresas de transmissão de vídeo pela internet.

A medida visa aliviar o consumo de dados nas redes de telecomunicação do continente para evitar possíveis congestionamentos na infraestrutura. A ação é necessária para que os cidadãos possam trabalhar e passar o tempo sem sair de casa e não se aplica a outras regiões do planeta.

“Estamos comprometidos a trabalhar com nossos parceiros para gerenciar qualquer restrição de banda durante este período de grande demanda, além de garantir que as pessoas possam permanecer conectadas usando aplicativos e serviços do Facebook durante a pandemia da COVID-19”, disse um porta-voz da companhia.

A medida vale não apenas para o Facebook propriamente dito, como também para o Instagram, rede social de fotos e vídeos de propriedade da empresa de Mark Zuckerberg.

Serviços de vídeo consomem grande parte da banda da internet (Foto: Sandvine)

Apesar de os serviços de vídeos das duas redes não constarem no ranking das 10 aplicações com maior consumo de tráfego na Europa, ambos estão na lista para a APAC (Ásia-Pacífico), segundo dados de 2019 da Sandvine.

Fonte: Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.