Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Star Wars revela por que Darth Vader estava fraco na batalha final

Por| 25 de Abril de 2024 às 16h57

Link copiado!

Marvel Comics
Marvel Comics

Muitos dos fãs de Star Wars sempre se perguntaram por que Darth Vader parecia estar mais instável e fraco no confronto final envolvendo Luke Skywalker e o Imperador Palpatine em O Retorno de Jedi, na conclusão da trilogia original da Saga Skywalker. Agora, uma nova HQ lançada pela Marvel Comics explica isso.

Atenção para spoilers de Darth Vader #45!

Nas edições mais recentes dos títulos de Star Wars publicados pela Marvel, a trama tem sido ambientada entre os momentos finais de O Império Contra-Ataca e o confronto entre Darth Vader, o Imperador Palpatine e Luke Skywalker em O Retorno de Jedi. As HQs têm detalhada melhor como o Lorde das Trevas vinha tentando acumular poder para vencer Darth Sidious, e como uma visita a um antigo mundo Jedi abalou Anakin depois que ele sentiu a presença de Luke.

Continua após a publicidade

Segundo as tramas mostradas nas HQs, depois de várias armadilhas de Palpatine e batalhas com droids malignos e a ameaça viral chamada Flagelo, Vader, mesmo enfraquecido, tentou aumentar seu poder para enfrentar seu mestre. Contudo, a conexão com Luke e o desejo de torná-lo um aliado passou a desequilibrar a Força do Lorde das Trevas.

E, em um momento específico, a HQ confirmou por que ele chegou mais fraco e sem seu total potencial na batalha final vista em O Retorno de Jedi.

Por que ele estava fraco?

Em Darth Vader #45, lançado recentemente, o Lorde Sith segue acumulando todos os tipos de novos poderes em uma tentativa de derrubar seu mestre, o Imperador Palpatine. Acompanhado pelo grupo extremista Cisma Imperial, cujos membros também querem ver o caos de Palpatine removido do Império, Vader e seus aliados visitam o antigo mundo Jedi de Tython para reivindicar uma fonte de kyberita — o mineral amplificador da Força que está presente nos cristais kyber usados em sabres de luz.

Em determinado ponto da trama, os membros do Cisma Imperial questionam Vader, e a ex-governadora Tauntaza, a quem o Lorde das Trevas busca apoio, vê de perto como o vilão expõe sua incerteza e fragilidade nesse momento da Saga Skywalker.

Tauntaza perdeu sua posição e poder depois que Darth Vader acusou-a de agir em conluio com o sindicato do crime Alvorada Vermelha (ou Crimson Dawn). Ele desmantelou suas operações em edições anteriores, mas, para a surpresa da ex-governadora, o vilão recentemente reivindicou uma arma experimental que fazia parte de seus planos.

Continua após a publicidade

Essa mudança de ideia sobre o dispositivo, e as dúvidas sobre derrubar seu mestre, continuar seu plano principal de ordem na galáxia e confrontar/conquistar Luke deixou o já abalado Vader sem o foco e o equilíbrio mental, físico e emocional para enfrentar Palpatine e seu filho simultaneamente. 

As HQs sugerem que, depois de testemunhar a confissão de seu filho na fonte de kyberita em Tython, Vader aparentemente encontrou seu propósito, ao saber que Luke chegou a questionar se deveria ter rejeitado seu pai em O Império Contra-Ataca.

Ou seja, Anakin, embora tenha compreendido isso somente depois de salvar seu filho quando Palpatine estava prestes a vencer, perdeu seu foco e concentração ao hesitar entre sua missão primordial de colocar ordem na galáxia ou destruir seu mestre; quando, na verdade, seu plano principal se tornou a busca por Luke — justamente no momento em que isso o deixaria em seu estado mais frágil em toda a Saga Skywalker.