Os 10 maiores vilões da Liga da Justiça de todos os tempos

Por Claudio Yuge | 13 de Dezembro de 2020 às 11h00
DC Comics

A Liga da Justiça existe desde 1960 e, claro de lá para cá a equipe acumulou incontáveis supervilões ao longo da carreira. De Marcianos Brancos a uma estrela-do-mar alienígena que controla mentes; até um grupo que é quase um espelho de nossos próprios heróis, a quantidade é ampla e a “qualidade” dos rivais é igualmente alta.

Abaixo estão dez das ameaças que mais deram trabalho à equipe durante todas essas décadas de combate ao crime.

10. Despero

Imagem: Reprodução/DC Comics

Starro (falaremos mais sobre ele abaixo) foi o inaugural da Liga da Justiça, mas foi Despero quem teve a honra de incomodar nossos heróis na primeira edição da revista própria do grupo, em Justice League of America #1, de 1960. Seu visual estranho, com uma barbatana, pele rosa e um terceiro olho no meio da testa, por si só já chamava bastante atenção.

Seus poderes mentais, que permitem controlar os adversários, e sua incrível força tornaram Despero um oponente formidável e recorrente em todos esses anos.

9. Marcianos Brancos

Imagem: Reprodução/DC Comics

O Caçador de Marte, que no Brasil era carinhosamente chamado de Ajax, é um dos pilares da Liga da Justiça. E depois que os roteiristas passaram a explorar melhor o seu background alienígena, a exemplo de sua vulnerabilidade ao fogo, ele se tornou ainda mais interessante, com direito a vilões de peso.

Diferente de J'onn J'onnz, os Marcianos Brancos não são pacíficos. Na fase de Grant Morrison, em JLA, de 1996, os inimigos usaram seus poderes de metamorfose para se passar pela superequipe Hyperclan e dominar o mundo. Embora não tenham sido oponentes tão formidáveis ao longo do tempo, essa história ajudou a Liga da Justiça a se reconstruir em um período difícil para os quadrinhos de super-heróis.

8. Prometheus

Imagem: Reprodução/DC Comics

Assim como Batman, Prometheus não tem superpoderes, apenas se apoia em sua inteligência e genialidade criminal, de forma perturbadoramente astuta, para vencer os heróis. Ele usou seu conhecimento para derrotar a Liga da Justiça, também na fase de Grant Morrison, e, surpreendentemente, foi abatido pela Mulher-Gato.

Na série limitada Justice League: Cry for Justice, que mostrou uma Liga da Justiça no limite e mais violenta, o Arqueiro Verde chegou a acertar uma flecha em sua cabeça. Mas, claro, Prometheus retornou e até mesmo deu origem a sucessores.

7. Liga da Injustiça

Imagem: Reprodução/DC Comics

Quem cresceu vendo os desenhos dos Superamigos deve se lembrar bem da Legião do Mal, que basicamente repetia o conceito de Liga da Justiça, só que com os vilões. Isso funcionava nas animações infantis, mas não era muito levado a sério, até que, durante o arco do falecido roteirista Dwayne McDuffie, a Liga da Injustiça foi concretizada nos quadrinhos, em 2009.

Vale destacar que o autor já tinha realizado uma abordagem parecida, unindo Lex Luthor, Coringa, Gorila Grodd e outros em um supergrupo na animação Liga da Justiça Sem Limites. Depois disso, ae equipe de vilões se reuniu outras vezes e uma versão bem parecida com a Legião do Mal, incluindo a mesma base no pântano, tornou-se cânone nos quadrinhos, pelas mãos de Scott Snyder — e, veja bem, a Legião do Mal até mesmo apareceu na TV, nos crossovers do Arrowverse.

6. Amazo

Imagem: Reprodução/DC Comics

O androide tem o poder de imitar as habilidades de seus inimigos, e isso pode ser mortal quando seus oponentes são nada menos do que os heróis da Liga da Justiça. Amazo, construído pelo diabólico e genial Professor Ivo, ofereceu algumas das batalhas mais inventivas já vistas nos quadrinhos da DC Comics.

Muitas vezes, Amazon enfrentou toda a Liga da Justiça sozinho, replicando os poderes do Superman, Mulher-Maravilha, Flash e Lanterna Verde, mostrando que não somente sabe usar as habilidades dos seus oponentes, como também sabe explorar suas fraquezas. Na fase dos Novos 52, infelizmente ganhou uma versão, digamos, polêmica, na forma de um vírus.

5. Sociedade Secreta de Supervilões

Imagem: Reprodução/DC Comics

Embora a Legião do Mal seja um dos grupos rivais mais conhecidos da Liga da Justiça, a Sociedade Secreta, como também é chamada, é uma ameaça mais antiga e “tradicional”. O grupo, que já uniu vilões do quilate de Darkseid e Lex Luthor, enfrentou a Sociedade da Justiça original e a Liga da Justiça moderna — e mais, chegou a ter seu próprio título mensal em meados dos anos 1970, com 15 edições.

Depois disso a Sociedade Secreta teve algumas outras encarnações, incluindo uma liderada por Alexander Luthor Jr. em Vilões Unidos, uma das quatro minisséries que anteciparam a chegada de Crise Infinita e resultou no grupo de anti-heróis Secret Six. No evento Vilania Eterna, o supergrupo de vilões chegou a conquistar o mundo por um breve período, com a ajuda do Sindicato do Crime (também falaremos sobre esta equipe logo abaixo).

4. Antimonitor

Imagem: Reprodução/DC Comics

É batata na DC Comics: sempre que há “crises” envolvendo o Multiverso, existe um Antimonitor zanzando por aí. A entidade é uma força de antimatéria destruidora da realidade e que já devastou infinitas Terras, deixando apenas uma existente por duas décadas.

Embora os esforços para combater o vilão normalmente sejam liderado pela Liga da Justiça, chamá-lo apenas de rival do supergrupo de heróis seria uma forma simplista de defini-lo, pois ele é uma ameaça de nível extremo e, tradicionalmente, faz-se necessária a força conjunta de vários de nossos campeões para detê-lo.

3. Starro

Imagem: Reprodução/DC Comics

O conquistador alienígena é extremamente poderoso, entretanto convenhamos, sua aparência de estrela-do-mar faz com que ninguém o leve muito a sério. Mas Starro foi a primeira grande ameaça enfrentada pela Liga da Justiça, em The Brave and the Bold #29, de 1960.

Seu primeiro ataque tem um episódio curioso, que o leva à derrota. Flash descobre que um humano sem poderes, Snapper Carr, não foi afetado pelos poderes mentais de Starro. Depois de alguma investigação, o velocista descobre que isso ocorreu porque Carr estava coberto de… limão. Isso mesmo, uma fruta terrestre foi capaz de abater a ameaça alienígena.

Embora tenha esse passado de certa forma risível, Starro se destaca não somente por fazer parte das raízes da Liga da Justiça, mas porque o personagem evoluiu para diversas formas e até hoje é um adversário recorrente — ou aliado, como na recente trama de Dark Knights: Death Metal. Aliás, o vilão é um dos cogitados a aparecer no novo filme Esquadrão Suicida, de James Gunn.

2. Sindicato do Crime da América

Imagem: Reprodução/DC Comics

Imagine se a Liga da Justiça, em vez de salvar o mundo, fosse dedicada a cometer roubos e vilanias. Esse é o conceito do Sindicato do Crime, que basicamente reúne heróis semelhantes a Superman, Batman, Flash, Mulher-Maravilha e Lanterna Verde de uma Terra alternativa.

Ao longo do tempo Ultraman, Owlman, Superwoman, Johnny Quick e Power Ring deixaram de ser apenas cópias baratas de nossos heróis e ganharam personalidades distintas, até mesmo com diferentes usos dos mesmos poderes. Na saga Vilania Eterna, eles chegaram a derrotar a Liga da Justiça e conquistar nossa Terra, já que a Terra-3, lar deles, tinha sido destruída pelo Antimonitor.

1. Darkseid

Imagem: Reprodução/DC Comics

Embora a Liga da Justiça tenha uma longa lista de adversários formidáveis, não dá para deixar Uxas fora da primeira posição. O soberano Novo Deus de Apokolips vem atormentando o grupo de heróis desde os anos 1970 e, a cada vez que aparece, sempre exige um esforço descomunal para vencê-lo — principalmente por conta de seus Raios Ômega e especialmente quando está munido da Equação Anti-Vida.

Além disso, Darkseid possui uma grande mitologia por trás de sua história, graças a Jack Kirby. Ter o vilão na história abre possibilidades com as Caixas Maternas, os Novos Deuses, os confins do espaço e enredos que envolvem a própria concepção do Superman. Por isso, ele é campeão desta lista — e de outras semelhantes.

*Com informações de Games Radar.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.