Review HyperX SoloCast | Um ótimo microfone para iniciantes

Review HyperX SoloCast | Um ótimo microfone para iniciantes

Por Rudy Caro | Editado por Léo Müller | 16 de Agosto de 2021 às 16h00
Ivo/Canaltech

Contando com uma extensa linha de periféricos para todos os gamers de plantão, a HyperX se aventurou pela primeira vez no mundo dos microfones USB com o HyperX QuadCast, um produto robusto e muito chamativo, que logo conquistou o coração de milhões de streamers mundo afora.

Atendendo ao pedido de muitos fãs da marca que não podiam investir tanto dinheiro em um microfone premium, a HyperX lançou o SoloCast, que tenta entregar a melhor qualidade de áudio possível e cortar recursos extras como controle de volume e iluminação RGB, por exemplo.

(Imagem: Ivo/Canaltech)

Prós

  • Qualidade de áudio surpreendente nessa faixa de preço;
  • Compatível com dispositivos com Android;
  • Base giratória para ajustar o microfone;
  • Suporte à pedestais, tripés e braços articulados.

Contras

  • Ausência de software dedicado ao microfone;
  • Nível de ganho exagerado em dispositivos rodando o Windows;
  • Ausência de botões para controlar o volume do dispositivo.

Confira o preço atual do HyperX SoloCast

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Design e construção

O HyperX SoloCast tem uma nobre missão: levar áudio de qualidade para quem não pode gastar muito com um microfone e pretende dar os primeiros passos no mundo das lives ou dos podcasts.

(Imagem: Ivo/Canaltech)

Mesmo com a proposta mais simples e direta ao ponto, o SoloCast é muito bem construído, com design no formato de “pílula”, ancorado pela base de mesa que acompanha o produto. O corpo do microfone é feito em policarbonato fosco, contando com um esqueleto em alumínio para garantir mais firmeza e durabilidade ao produto.

Na parte superior do SoloCast, encontramos o botão sensível ao toque para ativar o “mute” do microfone. Ele trabalha em conjunto com o LED vermelho na parte frontal logo acima do logotipo da HyperX, que acende sempre que o dispositivo estiver ativo e com o áudio aberto.

(Imagem: Ivo/Canaltech)

A base do SoloCast é composta por um pedestal com emborrachado antiderrapante para não deslizar sobre superfícies lisas.

A base pode girar em 180 graus, o que não faz muito sentido se o microfone estiver montado sobre a sua mesa, mas que traz muita versatilidade ao Solocast se ele estiver montado em um tripé ou braço articulado. A base giratória pode ser desparafusada do pedestal e acoplada novamente em outro suporte da sua preferência.

(Imagem: Ivo/Canaltech)

A cápsula do microfone pode ser removida da base, podendo ser instalada separadamente em diversos pedestais e suportes diferentes, graças ao furo na parte inferior do SoloCast.

O microfone possui furação que serve para rosquear o dispositivo em braços articulados com encaixes de 3/8 e 5/8 de polegada, usando a rosca adaptadora que vem na caixa do produto.

Conexões

O SoloCast é um microfone USB do tipo cardióide alimentado por um cabo USB-C (que acompanha o produto), com a função Plug n’ Play sendo bem destacada pela fabricante na página oficial do produto.

(Imagem: Ivo/Canaltech)

Compatibilidade

O HyperX SoloCast é compatível com as seguintes plataformas:

  • PCs com Windows 7 ou superior;
  • MacOS;
  • PS4;
  • PS5.

Um adicional muito interessante no SoloCast são as suas certificações oficiais de compatibilidade com programas importantes como o Discord e o TeamSpeak, softwares muito usados para a comunicação entre jogadores amadores e profissionais do mundo todo.

A HyperX também destaca que o SoloCast é totalmente compatível com diversos programas de transmissão ao vivo, como o OBS, OBS Studio e Xplit Broadcaster, o que já deixa o consumidor bem mais tranquilo na hora de escolher o produto.

Características e recursos

O SoloCast é um microfone dinâmico com padrão polar cardióide, com o foco em capturar a sua voz quando falada diretamente para a cápsula frontal do dispositivo, ignorando os sons vindos de outras direções.

O nome “Solo” não vem à toa — o QuadCast S, o modelo mais premium de microfones da HyperX, possui 4 padrões polares, e pode ser usado para entrevistas, ASMR, narrações com duas ou mais pessoas ao redor e captura do áudio em 360 graus.

O SoloCast é focado somente na voz de um único usuário, então é sempre recomendável posicionar o microfone para ficar de frente para você, e falar o mais perto possível dele.

Especificações

  • Fonte de alimentação: 5V / 100mA (USB);
  • Corrente de trabalho: 47 mA;
  • Especificação USB: USB 2.0 (velocidade total);
  • Taxas de amostragem: 48kHz, 44.1kHz, 32 kHz, 16 kHz, 8kHz;
  • Profundidade de bit: 16 bits;
  • Compatibilidade: Windows 7 e acima, Mac OS, PS4;
  • Comprimento do cabo: 2 m;
  • Peso: 430 gramas.

Qualidade de áudio

O SoloCast me surpreendeu bastante nos nossos testes aqui no Canaltech, se mostrando muito versátil e confiável em gravações das sessões do nosso Podcast, (Porta 101), por exemplo, entregando uma qualidade de áudio muito consistente.

O áudio é alto e possui uma presença bem forte nos médios e médios agudos, o que ajuda o SoloCast a soar claro e límpido, mesmo que você esteja surrando o seu teclado mecânico barulhento com toda a sua vontade de “tryhardar” na partida.

Mas como todo microfone condensador USB, ele precisa ser usado com cuidado para não entregar áudio estourado ou distante demais nas gravações e streamings.

Infelizmente a HyperX não inclui botões de ajuste de ganho ou um software compatível com o SoloCast. Então, use os ajustes do Windows/Mac e as opções de áudio do seu PS4 ou PS5 para diminuir ou aumentar o volume geral da sua voz.

(Imagem: Ivo/Canaltech)

Os áudios gravados pelo SoloCast possuem boa coloração nos médios e médio altos, e graves sutis para não embolar a voz, o que favorece o uso do produto para se comunicar com o seu time em meio a uma partida ou falar com os subs da sua live, por exemplo.

Para podcasts, o SoloCast se sai muito bem em longas sessões de bate-papo, sendo infinitamente superior aos microfones integrados de headsets, por exemplo.

Por padrão, o Windows sempre deixa o SoloCast absurdamente alto, tornando qualquer gravação muito barulhenta e com bastante ruído de fundo de onde você estiver gravando.

Controle o ganho do SoloCast usando o Mixer de volume do Windows

"A falta de um botão dedicado para aumentar ou diminuir o ganho do SoloCast é um ponto fraco a ser considerado se você quer um áudio sem picos estourados e sons ambientes altos demais nas suas gravações"

Recomendamos que use o microfone na mesa o mais perto de você possível, ou em um braço articulado que pode ser comprado separadamente.

Aproxime o SoloCast o máximo que conseguir para perto da sua boca para criar aquela voz encorpada e presente que todo streamer sonha em ter em suas lives.

Logo abaixo, eu separei para vocês 3 amostras de áudio que gravei com o SoloCast, em 3 distâncias e situações diferentes, com o ganho do microfone regulado em 60% no gerenciador de dispositivos do meu Windows 10.

  • Voz do Rudy - SoloCast em cima da mesa;
  • Voz do Rudy - SoloCast montado em um braço articulado, a trinta centímetros de distância;
  • Voz do Rudy - SoloCast bem próximo da minha boca, sem pop filter.

É possível perceber que quanto mais próximo o SoloCast estiver da sua boca, melhor será a captura de áudio.

Assim você usará um nível de ganho bem menor e evita que o microfone capte os indesejáveis sons de teclado mecânico, ventoinhas do PC, barulhos de trânsito vindos da janela e por aí vai.

“Geralmente, a qualidade de áudio capturada pelo SoloCast é surpreendente para a sua faixa de preço, entregando muita qualidade em gravações e em lives, tudo com a facilidade do plug n’ play.”

(Imagem: Ivo/Canaltech)

Concorrentes diretos

O SoloCast tem muita concorrência direta, já que existem diversas marcas que vendem excelentes produtos nessa categoria.

Pensando em sua faixa atual de preço, eu destacaria o Blue Snowball — que possui mais padrões polares e a fama de ser o microfone “mais usado na história do YouTube” — e o Fifine K669. Ambos custam menos que o SoloCast e entregam mais qualidade de áudio, além de controles de ganho e até saída para fones de ouvido para ajudar a medir o retorno da sua voz.

Conclusão

A HyperX acertou em muitos pontos do SoloCast e consegue atender as necessidades básicas de quem está começando a fazer as primeiras lives e podcasts ou quer melhorar muito a qualidade das reuniões e aulas online.

Mesmo com tantos pontos positivos, o SoloCast é limitado demais quando o assunto é controle de áudio, e qualquer ambiente mais barulhento pode estragar a sua experiência com o produto.

Você dependerá exclusivamente das configurações de áudio dos dispositivos conectados ao SoloCast, e realizar ajustes finos no meio de uma transmissão ao vivo, por exemplo, pode ser uma baita dor de cabeça.

O SoloCast não é uma boa opção para quem já usou outros microfones USB condensadores e está acostumado com os recursos extras citados acima. Você pode encontrar outras opções no mercado como o Blue Snowball, ou investir um pouco mais e adquirir um Blue Yeti Nano, que possui bem mais recursos e entrega qualidade de áudio superior.

Mas se você estiver em busca de um microfone barato, discreto e que funcione em vários dispositivos diferentes, o SoloCast manda muito bem.

Separamos as melhores ofertas do HyperX SoloCast para vocês, e espero que este review ajude você a escolher bem o seu próximo microfone.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.