Como usar o notebook como monitor

Como usar o notebook como monitor

Por Vinícius Moschen | Editado por Wallace Moté | 25 de Junho de 2022 às 13h00
Kari Shea/Unsplash

Na falta de uma televisão ou monitor para funcionar como segunda tela, o display de notebooks pode cumprir a mesma tarefa de forma bastante satisfatória. Para isso, é preciso utilizar serviços de compartilhamento que já estão disponíveis no Windows de forma nativa.

Acessar estes recursos é uma tarefa relativamente simples no sistema operacional da Microsoft, por meio do aplicativo Conectar. Entretanto, ele pode não estar configurado de forma nativa em todos os computadores, e por isso exigirá uma sequência de ações:

Ativando o recurso de vídeo sem fio

Uso de computador como segundo monitor exige recurso opcional Vídeo Sem Fio (Imagem: Captura de tela/Vinícius Moschen)
  1. Pesquise na barra de tarefas pelo termo “Connect”, ou “Conectar. Se o aplicativo correspondente já estiver disponível, pule para a segunda parte;
  2. Caso o programa não apareça, abra as configurações;
  3. Ao final da aba Sistema, encontre a opção “Projeção para este computador”;
  4. Os ajustes da próxima tela são relacionados à projeção, mas ainda não estão habilitados. Por isso, é preciso encontrar a opção “Recursos Opcionais”;
  5. Uma grande lista de recursos será mostrada na sequência. O que interessa no momento é o “vídeo sem fio”, que aparece ao rolar as opções até o final;
  6. A tela seguinte apenas confirma a instalação do recurso “Vídeo sem fio”. Selecione “Instalar”;
  7. É possível acompanhar o progresso do download na sequência. Na maioria das conexões de Internet, o processo não deve demorar mais que alguns segundos;
  8. Quando o processo for concluído, o menu de “Projeção para este computador” mostrará opções de segurança e privacidade relacionadas ao recurso. Na prática, significa que ele está pronto para uso.
Opções de segurança podem ser ajustadas pelo Windows (Imagem: Captura de tela/Vinícius Moschen)

Com o aplicativo conectar, o processo de conexão com o display do notebook pode ser realizado das seguinte formas:

  1. No computador que deseja utilizar como dispositivo principal, acione o atalho Windows + P;
  2. O menu oferecerá quatro opções de utilização com múltiplas telas. O modo “estender” costuma ser o mais produtivo, e fará com que o notebook funcione como segunda tela.

Também é possível acessar a mesma função por meio do mesmo menu “Projeção para este computador”, citado no item anterior. Outro caminho possível é pela tela de ajustes de tela, onde a opção “Conectar a uma tela sem fio”, dentro da opção de “Várias telas”.

Recurso pode ser encontrado no menu de ajustes de tela (Imagem: Captura de tela/Vinícius Moschen)

A lista de dispositivos que podem ser utilizados como segunda tela sem fio deve aparecer na sequência. Basta selecionar o nome do laptop que será utilizado como o display auxiliar, e o pareamento acontecerá automaticamente.

Possíveis problemas

Se o Windows não reconhecer a segunda tela, é provável que algum requisito não esteja sendo cumprido. Os problemas mais comuns nestes casos incluem:

  • Falta de suporte para Miracast: para conferir se os dispositivos são compatíveis com Miracast, é preciso selecionar o ícone de redes (network) no canto direito da barra de tarefas, e procurar por Transmitir (Cast) entre as opções rápidas;
  • Problemas de conexão: tenha certeza que o Wi-Fi está ativado, também pelo ícone de redes.

Soluções para diferentes sistemas operacionais

Adaptador HDMI serve para simular a presença de uma tela externa (Imagem: Miners & Etc)

Também é possível utilizar um notebook como monitor secundário em conjunto a outros sistemas operacionais, como o MacOS. Entretanto, para isso é necessário fazer a utilização de aplicativos externos, como o Deskscreen ou outros similares.

Neste caso, será necessária a aquisição de um adaptador visual HDMI. Ele é um pequeno acessório que é colocado na entrada física do computador principal, para simular a presença de uma tela externa conectada por fio.

Desta forma, o compartilhamento dos conteúdos acontece por meio de um navegador de Internet e um endereço IP. Portanto, ele deverá funcionar independentemente do sistema operacional instalado, inclusive entre duas plataformas diferentes — Windows e MacOS, por exemplo.

Fonte: HP

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.